Sob pressão, marcas internacionais racistas são extintas

O movimento antirracista, que ganhou mais visibilidade após o assassinato de George Floyd, nos EUA, começa a impactar empresas de maneira relevante. Com a adesão de diversas organizações ao movimento Black Lives Matter, multinacionais anunciaram a extinção de marcas baseadas em estereótipos racistas.

Uma delas é a Aunt Jemima, marca do grupo Pepsico para produtos como mistura pronta para panquecas e xarope de bordo (também conhecido como maple). Por décadas, a embalagem mostrou a personagem “Tia Jemima”, uma mulher negra que evoca as empregadas domésticas do sul dos Estados Unidos, região de passado escravagista e segregacionista, de forte discriminação racial.

Pertencente à Pepsico, o conglomerado Quaker Oats, que regula a marca, reconheceu que a imagem da “Tia Jemima” evoluiu ao longo do tempo, “mas não o suficiente”. A empresa divulgou que o logo deve ser alterado até o fim do ano.

De maneira análoga, a marca de arroz Uncle Ben’s traz um a imagem de um homem negro, evocando o trabalho escravo nas plantações de arroz e algodão, também no sul dos EUA.

Os produtos Uncle Ben’s pertencem à Mars, que emitiu um comunicado afirmando que “o tempo de evoluir a marca Uncle Ben’s chegou, o que inclui sua identidade visual, e é o que faremos”. A organização, no entanto, diz ainda não saber que mudanças serão feitas, e nem a que prazo.

A marca americana de farinha de sêmola Cream of Wheat, representada por um cozinheiro negro, também deve refazer seu design. “Nos comprometemos a avaliar nossas embalagens e a tomar medidas proativas para garantir que a marca não contribua com o racismo sistêmico”, afirmou a empresa B&G, proprietária da marca, em um comunicado.

fonte: Exame Marketing

Enquanto isso no Brasil…

Bombril retira ‘krespinha’ do mercado: acusações de racismo fazem marcas reverem produtos

A fabricante de produtos de limpeza Bombril anunciou a retirada da marca de esponja de aço ‘Krespinha’ do mercado após ser acusada de racismo nas redes sociais.

Usuários afirmaram que o nome do produto remetia aos cabelos crespos, o que levou a empresa a ficar entre os tópicos mais comentados de quarta-feira (17) no Twitter.

Eles lembraram ainda que, na década de 1950, a publicidade de uma esponja de aço com o mesmo nome trazia a imagem de uma criança negra e fazia alusão a seu cabelo.

Não se trata, no entanto, da primeira marca a ser alvo de escrutínio público e ceder a pressões das redes sociais.

Ao redor do mundo, produtos acusados de racismo vêm sendo reformulados ou retirados do mercado, na esteira dos protestos antirracistas após a morte do americano George Floyd.

Floyd, um homem negro de 46 anos, foi morto por um policial branco nos Estados Unidos que se ajoelhara sobre seu pescoço por mais de 8 minutos.

Sua morte desencadeou protestos em todo o mundo contra o racismo e a violência policial.

A decisão da Bombril acompanha, portanto, esse movimento internacional.

fonte: BBC Brasil

Para Completar

O negro da propaganda
O ex-escravo que ajudou a criar o mito Jack Daniel’s
Reconhecendo estereótipos racistas internacionais

Embora muitos achem mimimi, mas como digo, há casos e casos. Realmente estamos em tempos de mudanças necessárias e vale deixar tudo registrado aqui no IFDBlog 🙂 Conforme sair mais casos na mídia, vou completando por aqui dentro do tempo que tenho disponível:

Colgate vai repensar produto com histórico de marketing racista na Ásia
Colgate Reviewing Chinese Toothpaste Brand Darlie Amid Debate on Racial Inequality
Relatives of two Aunt Jemima actresses, Anna Short Harrington and Lillian Richard, are displeased with Quaker Oats’ decision to rebrand.
Disney Is Changing The Splash Mountain Ride Because It’s Based On A Racist Movie
L’Oréal vai retirar termos como ‘branqueador’ e ‘clareamento’ de seus produtos
‘Simpsons’ não terá mais atores brancos para dublar personagens de minorias
Episódio de Mad Men com conteúdo racista terá aviso para explicar o contexto da cena

Assine Nossa Newsletter • Se você deseja receber as novidades do IFDBlog por email, insira o seu logo abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *