Em época de coronavírus pequenas e médias empresas recorrem ao voucher como estratégia

Em um cenário no qual as pessoas precisam ficar em casa para evitar o contágio da doença e estabelecimentos considerados não essenciais devem ficar fechados, como fazer com que esses locais sobrevivam e, principalmente, seus profissionais continuem tendo renda?

A solução imediata encontrada por negócios na área de alimentação e de beleza tem sido incentivar clientes fiéis a continuar pagando por serviços que iriam habitualmente usufruir, deixando para desfrutar deles quando o período de confinamento acabar e os locais reabrirem. Para isso, estabelecimentos têm apostado em vouchers pré-pagos e contribuições com recompensas em sites de vaquinha online.  

Outros empreendedores buscaram apoio em sites de financiamento coletivo. Como forma de incentivar clientes, eles não pedem doações, mas usam as plataformas em um modelo parecido com o dos vouchers: os interessados doam um valor e, futuramente, quando a quarentena acabar, poderão consumir a quantia doada no local. Outros brindes e até bônus de consumação são ofertados.

+ em: Voucher ajuda negócios a terem caixa para sobreviver ao coronavírus

Recorrer aos vouchers acaba sendo uma boa estratégia de marketing que pode ajudar muito seu fluxo de caixa.

NOTA IFD: Neste momento, mais do que nunca, é necessário criatividade. A IFD Comunicação desenvolve layouts e idéias para a melhor divulgação da sua empresa no mercado. Aumente a percepção de valor da sua marca através de um bom design aliado a conceitos de marketing. Precisa de ajuda neste momento? Basta solicitar seu orçamento, clique aqui.

Para Completar

Coronavírus: 8 dicas para usar o marketing digital a favor da sua empresa
Canal do Sebrae no Instagram tem uma série de dicas para os pequenos em meio a crise do coronavirus
Projeto quer ajudar bares e restaurantes a manter renda durante quarentena
Apoiei um salão – Iniciativa da Avec, Wella e Gama Professional

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *