O que devo fazer para montar um website

Etapa 1

Não existe fórmula para fazer sucesso na Internet, mas o fator que faz a diferença entre os “Sites de Sucesso” e os “Sites sem Sucesso”, é o planejamento.

Não adianta ter simplesmente uma excelente idéia, e sair correndo atrás de empresas para financiar seu negócio, ou colocar a mão na massa. É importantíssimo preparar o “Plano de Negócios” ou “Business Plan”. Nenhum investidor receberá você sem ele.

Este documento é uma mistura de carta de referência com plano de ação, ou seja, uma espécie de mapa para guiar os desenvolvedores e os funcionários que trabalharão na sua empresa, assim como, convencer os futuros investidores ou parceiros a investir em você.

O Plano de Negócio é uma ferramenta poderosíssima para o futuro empreendedor, pois ele ajudará a organizar as idéias, a responder as perguntas mais difíceis dando margem à visão sistêmica e coerente do projeto; também cronometrará as metas traçadas tornando menor a margem de erro.

Sua elaboração inclui vários outros planejamentos. É através do Plano de Negócios que se define os Planos de Marketing/Divulgação, o Operacional, o Financeiro e o Administrativo, que fazem parte do Plano Estratégico da sua empresa, e é com esses dados que você mostrará os diferenciais de seus serviços.

Nele conterá:

  • Os objetivos e metas a serem alcançadas;
  • A organização hierárquica da empresa;
  • Os métodos de acompanhamento de desempenho do empreendimento;
  • Os mecanismo de captação de recurso;
  •  Público alvo;
  • Mercado em que a empresa estará inserida;
  • Os fatores de motivação de visitação do site;
  • Conteúdo que será desenvolvido;
  • Cronograma de atividades, e todas as informações necessárias para sua elaboração.

A elaboração da estratégia está ligada diretamente com o Plano de Marketing.

Uma boa estrutura de Marketing/Divulgação, definirá a audiência que o site receberá. Nunca se esquecendo que é através da visitação, que o seu site despertará a atenção dos investidores e futuros parceiros.

Para ter lucros com um empreendimento na Web é necessário ser arrojado, inovador e saber cativar os futuros clientes que usarão o serviço.

Através de um planejamento bem feito, pode-se analisar pontos fracos/fortes que poderiam passar desapercebidos, com isso evitar falhas no seu desenvolvimento que acarretaria no fracasso do empreendimento.

O planejamento estratégico pode ser definido em algumas etapas:

  • Análise do mercado onde irá atuar;
  • Criação do “Plano de Negócio ou Business Plan” para o público externo;
  • Criação do Planejamento de Marketing/Divulgação;
  • Criação do Planejamento Operacional;
  • Criação do Plano Administrativo;
  • Criação do Planejamento Financeiro.

Etapa 2

A sua idéia é boa? Como saber?

Ter um negócio na Web requer muito tempo de análises e reflexões. Nem tudo que existe no ciberespaço alcançou ou alcançará o sucesso tão almejado.

Para ser diferente nesse espaço disputado requer muito trabalho e dedicação. Então como constatar que uma idéia é realmente boa?

A primeira coisa que se deve fazer é identificar se você tem um negócio em mente ou somente uma idéia. Para sobreviver entre os grandes na Web, é imprescindível saber essa diferença. Portanto a idéia deverá ajudar você a responder algumas questões, como:

  • Qual será o objetivo do meu site?
  • Qual será o meu público alvo? (Saber as necessidades, habilidades e interesses).
  • O serviço que vou oferecer trará público ao meu site? Por quê?
  • O que vou oferecer já existe na Internet? Se já, qual é o meu planejamento para diferenciar o serviço?
  • O site atrairá pessoas diferentes? Quais? Quais as suas áreas de interesse?
  • Quais serão as tecnologias utilizadas para o desenvolvimento do projeto?
  • Quais as informações que serão atualizadas? E com que freqüência?
  • Será necessário obter dados do cliente? O que será preciso e porquê?
  • Quem hospedará e dará manutenção em meu site? (Avalie a empresa e os profissionais envolvidos).
  • Quais os profissionais que precisarei contratar?
  • Quanto tudo isto irá custar?
  • Qual o meu planejamento para a divulgação?
  • O serviço que vou oferecer gerará receita? Como?
  • Qual o meu planejamento para daqui 5 anos? O que espero e porquê?
  • Tenho interesse em projetar sozinho ou pretendo buscar uma incubadora para me ajudar?

Após a análise dessas questões, você estará com um grande esboço, contendo as principais informações com relação ao seu projeto. Com isso, poderá constatar se está preparado para ter um negócio no ciberespaço e confirmar se a idéia é realmente boa.

Entretanto, se você não conseguir responder a todas as questões, não se desespere, isso não significa que sua idéia é descartável.

Você necessitará, parar e fazer uma análise mais profunda do que realmente deseja para o seu site ou procurar um profissional especializado para lhe ajudar, podendo procurar por empresas especializadas em consultoria.

Dica: Antes de sair mostrando sua idéia por aí, redija um documento de “Compromisso de Sigilo” (“non-disclosure agreement”) e não tenha medo de pedir a empresa para assinar, assim sua idéia estará preservada.

Etapa 3

Fatores de sucesso para um web site!!

Aqui você encontrará os passos para projetar seu site com eficiência e funcionalidade, fatores importantes para o seu sucesso na Web.

Como a Internet está inundada de ferramentas que ensinam e ajudam a confeccionar um site, a principal preocupação deve ser com o produto oferecido aos usuários.

A primeira coisa a ser observada pelo internauta quando abre sua página é o visual. Assim, o design é um fator preponderante para atingir o sucesso, pois é através dele que você passará confiança e credibilidade, fazendo com que o usuário se interesse pelos serviços prestados.

Os fatores a serem observados no desenvolvimento do site são:

Simplicidade: deve ser simples, organizado, com cores suaves, sem muitas figuras e sons, para manter a página clara e objetiva. Isto não quer dizer que não se deva utilizar destes recursos, mas o ideal é que o usuário não perca muito tempo esperando a visualização da página.

Lembre-se que tempo significa dinheiro, e uma página carregada faz com que o usuário descarte-a;
Serviço: o mundo Web está cheio de sites que não oferecem serviços úteis, e pior que isso, são aqueles sites que dizem oferecer um determinado produto ou conteúdo, quando na realidade o que se encontra é totalmente diferente daquilo que foi proposto. Portanto, propor um serviço diferente é essencial;

Conteúdo: a chave para que o usuário saia satisfeito de seu site, é manter um conteúdo enxuto, útil e de fácil localização, pois é isto o que realmente importa;

Velocidade: não perca tempo tentando utilizar as últimas tecnologias do mercado para criar recursos mirabolantes, isto faz com que sua página fique pesada e consequentemente afaste o internauta. Portanto nada melhor do que uma página simples, veloz e funcional.

A elaboração de um site envolve várias etapas. Vamos examinar todas as questões e oferecer diretrizes para evitar certos erros cometidos em alguns sites na Web.

As etapas são:

  • Projetar a Navegação;
  • Projetar o Design;
  • Técnicas de redação para Internet

Etapa 4

Como redigir para a Internet?

Redigir para a Web é um pouco diferente dos métodos convencionais. Saber conversar com seu usuário ou melhor dizendo, saber como passar-lhes informações é o grande desafio.

Prender a atenção do usuário não é fácil, a maior dificuldade é manter o visitante bem orientado e proporcionar uma navegação rápida, clara e precisa.

Um texto pequeno é mais agradável do que um longo com muita informação, pois quanto mais extenso maior a probabilidade de não ser lido e o usuário abandonar o site.

Um internauta quando entra na Internet, tem como objetivo ficar informado de tudo que acontece no mundo, e pretende fazer isto lendo a menor quantidade de textos possível.

Ao escrever para a Internet tenha em mente:

  • Seja simples, mantenha um texto fácil e de clara compreensão;
  • Faça destaque de palavras importantes, negrite ou coloque em cores diferentes;
  • Utilize a técnica de raciocínio lógico invertido, as conclusões vêm primeiro;
  • Utilize uma idéia por parágrafo;
  • Fique atento à ortografia, simplicidade não significa erro de vocabulário;
  • Se possível, contrate um profissional para fazer a revisão dos textos;
  • Mantenha seus textos resumidos ao máximo;
  • Se houver necessidades de usar textos longos, quebre-os em parágrafos menores;
  • Procure usar uma linguagem coloquial e mais direta possível, podendo assim, criar uma relação de amizade e fidelidade com seu cliente;
  • Não abrevie palavras, isso demonstrará amadorismo e preguiça;
  • Procure fazer as acentuações corretamente, muitas pessoas dizem que acentuar na Internet está errado. Não caia nessa;
  • Evite usar as cores padrão de links em texto.

Aqui você encontra exemplos de como redigir para Internet segundo as regras de Jakob Nielsen , um dos mais renomeados especialista em design de sites.

ETAPA 5 – DESENVOLVIMENTO

5.1 Projetando a navegação do site

Você já deve ter percebido que existem sites que são de difícil navegação. Alguns, conduzem o internauta a um verdadeiro labirinto, outros a navegação é totalmente desastrosa, os links são totalmente ilógicos e guiam o internauta a páginas que não tem saída, frames que escondem a barra de endereço, os botões da barra de ferramentas, e link quem não têm sentido com o conteúdo.

A elaboração de uma boa navegação é a melhor maneira de conseguir êxito no mundo Web. A navegação deve conduzir o usuário de uma página para outra da melhor maneira possível.

Quando o internauta entra em um site, ele está em busca de alguma informação, se ele encontrá-la fácil e rapidamente, com certeza sempre voltará, e também a indicará aos seus amigos.

É através de uma boa navegação, que você poderá:

  • Instigar a curiosidade do internauta, fazendo-o permanecer no site;
  • Determinar o lugar do site onde irá veicular propaganda e os valores adequados a cada local;
  • Tornar fácil a busca por informações dentro do site;
  • Permitir ir para qualquer lugar do site do mesmo lugar que você se encontra;
  • Além de ser um excelente veículo para o Marketing da Empresa.

Ao realizar esse projeto, não esqueça de manter uma visão abrangente no qual irá focar o projeto de layout, bem como o conteúdo que seu site irá abranger.

5.2 Projetando Barra de Navegação

A barra de navegação tem o objetivo de facilitar a movimentação dentro do site.

Existem inúmeras maneiras de projetar seu conteúdo, alguns projetistas preferem utilizar um padrão próprio.

  • Daremos um exemplo de como analisar uma idéia para criar a barra de navegação:
  • Sintetize o contexto geral do site;
  • Determine e separe as partes mais importantes do contexto;
  • Coloque no papel, todas as palavras que façam referência com as partes do contexto;
  • Analise e filtre as palavras que realmente tenham importância;
  • Faça uma verificação nas que restaram e observe se alguma pode ser aproveitada;
  • Dê o grau de importância a cada uma em seu site;
  • Faça a hierarquização.
A partir daí, comece a definir a ramificação do site, ou seja, comece a desenhar no papel cada ramo que ele conterá, explorando o conteúdo de cada um. Mas preste atenção nos seguintes dados:
  • Evite usar muitos links em sua barra. Os especialistas dizem que 7 é o ideal;
  • Faça uma barra de navegação razoável, ou seja, do tamanho da tela evitando assim que o usuário fique rolando com o browser para cima e para baixo;
  • Uma das importâncias da diagramação do site, é que facilita a visualização do que deverá ser feito e do que já está pronto.
Você pode optar por dois tipos de barra de navegação:
  • A barra vertical, onde os dados mais importantes são colocados de cima para baixo;
  • A barra horizontal, onde os dados mais importantes são colocados da esquerda para direita

5.3 Diagramação ou ramificação de um site

Estrutura altamente vinculada

user posted image tiraram o diagrama galera mas da pra ter noçao do q tem q se fazer nas outras etapas.

  • Na estrutura altamente vinculada todas as páginas apontam para todas. A utilização desse tipo de estrutura deve ser cuidadosamente analisada, pois pode passar a sensação ao usuário de estar andando em círculos.
  • Já na estrutura linear o usuário movimenta-se progressivamente até chegar ao fim da sequência. Esse tipo de estrutura é mais utilizada por sites de buscas ou sites muito técnicos.
  • A estrutura mais adequada é a de árvore, pois esse projeto é de fácil manutenção, expansão e funciona para qualquer tipo de site do menor ao mais complexo.

O projeto também pode ser desenvolvido através de fluxogramas de sistemas e programas. Mas para que seja usado esse método é exigido um bom conhecimento dos programadores que devem pertencer à empresa.

Estando a barra de navegação rascunhada em um papel, o próximo passo é projeta-la em alguma ferramenta de diagramação.

Existem algumas ferramentas no mercado que facilitam essa diagramação. Uma das melhores é o “Visio”.

Estando sua diagramação pronta, a sua barra de navegação estará elaborada. A partir daí será mais fácil acrescentar e retirar “links”, não se esqueça de analisar sempre, antes de qualquer modificação.

Você pode utilizar alguns recursos para facilitar e tornar a navegação mais atraente e profissional, dentre eles, podemos citar:

  • Inclusão de um mapa contendo a visão geral do site;
  • Inclusão de uma ferramenta interna ou externa de procura, que funcionaria como os sites de busca;
  • Colocar chamadas na página principal dos produtos ou serviços mais solicitados;
  • Separe em grupos, tipos, etc, caso tenha que manter vários produtos ou serviços na página principal, e coloque-os em tabela, menu “pull-down” ou qualquer outra forma que não deixe a página poluída.

Portanto, o projeto da barra de navegação de seu site deve ser de acordo com a ênfase que você queira dar a cada um de seus links, mantendo uma prioridade e um grau de importância para cada um.

autor e fonte: como esta matéria eu tenho há anos infelizmente não anotei autor nem mesmo a fonte, me perdoem, quem souber o autor desta maéria pode me avisar postando um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *