Sua empresa está nas redes sociais?

  1. Empresa nas Redes Sociais




O nosso cotidiano está cada vez mais conectado à internet. Compartilhamos nossos gostos, interesses diariamente através das redes sociais. Seja com fotos de comida no instagram, hashtags de novelas no twitter, compartilhamento de fotos de gatinhos no facebook ou checkins em shoppings através do foursquare/facebook. Não importa como, não importa o quê, não importa onde.

Com a nossa ancestral vontade de se comunicar e formar grupos, junto com a facilidade de aproximar as pessoas, a internet se transformou em um palco de diversas redes sociais. É possível encontrar tanto redes completamente populares e heterogêneas, como também sites “nichados”, voltados para a interação de um grupo bem específico. As redes sociais são uma realidade, e quem tem ou deseja abrir uma loja virtual não pode fugir delas.

Assim como uma pessoa física, um e-commerce possui características e públicos que se encaixam em determinadas redes sociais. A lista é imensa (clique aqui conheça as mais pulares) com “netiquetas” específicas para cada uma. Algumas dicas, porém, valem para a maioria delas e é possível conferir logo abaixo, de forma que possa otimizar cada vez mais o engajamentos com seus seguidores nas redes sociais.

Diga com quem andas…

Escolher qual rede social você irá utilizar é muito importante. Para isso, é preciso antes lembrar qual é o perfil de seus clientes e o público-alvo que deseja alcançar. Com este ponto bem definido, é possível verificar quais redes sociais dialogam melhor com a empresa e o consumidor. A empresa trabalha com moda e um público na faixa dos 20 anos pra cima? O Instagram pode ser uma pedida. Você possui um estabelecimento físico além de sua loja virtual? Que tal colocar sua loja no Foursquare e no Kekanto para que seus clientes façam check-ins e digam o que pensam sobre o atendimento do lugar? Cada rede social possui uma linguagem própria, com características que combinam com determinados grupos sociais.

Fica um pouco óbvio, portanto, que não é preciso estar em todas as redes sociais. Use aquelas que estão ao seu alcance. Há, porém, alguns sites que são tão heterogêneos dos quais não adianta fugir, e o Facebook é um deles. Com o descrédito da rapidez de uma resposta via email, ou burocracia em uma ligação telefônica, os clientes geralmente preferem sanar suas dúvidas através de mensagens in box no Facebook (ou também via Twitter). Além disso, ter uma conta no Twitter ou Facebook é bom também para saber sobre o que as pessoas estão falando sobre a sua empresa e também sobre o que está acontecendo no mundo.

Se tiver, use!

Existem diversas redes sociais que, quando lançadas, viraram moda e todas empresas passaram a aderir. É o caso do Pinterest. O site, que agora encontrou seu público – mais focado em designers, apreciadores de moda e estilo num geral – teve uma enxurrada de perfis de empresas e curiosos para saber como funcionava o novo brinquedinho. Não passou muito tempo para que estas empresas parassem de atualizar seus álbuns com novos pins. Lógico que é interessante testar como funciona uma determinada rede mas, se for usá-la, use pra valer!

E não fique falando apenas de si. Converse com seus clientes, promova debates sobre assuntos que tenham a ver com a sua empresa, mas que não necessariamente sejam o produto que você está vendendo. Vende bonecos de personagens de quadrinhos? Que tal pedir que seus amigos na rede opinem sobre a contratação do Ben Affleck para o novo filme do Batman? Comente sobre os novos filmes, os seriados que estão por sair, não tenha medo de se comunicar!

Ganhe o cliente e não perca a piada

O bom humor está sempre em alta nas redes sociais. Para isso, é preciso estar sempre atualizado no que as pessoas estão falando no momento. Lembra do que foi dito lá no primeiro tópico sobre o Facebook e o Twitter? Pois observar o que os seguidores estão falando, e também conferir os Trending Topics no Twitter podem lhe ajudar a entrar na onda sem fazer feio. Além disso, é preciso estar antenado no que está acontecendo fora da internet. Os episódios finais de Dexter e Breaking Bad geraram repercursão? Félix salgou mais uma vez a santa ceia? Pois fale! Comente! Relacione os assuntos com algo que tenha a ver com seu produto! E o mais importante: crie conteúdo próprio! Compartilhar e replicar assuntos de outras páginas também é legal, mas mostrar ao fã da sua página que você está pensando em assuntos que o interessam, é muito mais legal! Apenas não perca o contexto: se o seu público é fã de super-heróis, de nada adianta publicar uma imagem engraçadinha do Félix.

Uma imagem vale mais que mil palavras

Por falar em imagens… o próprio Facebook já declarou que postagens com alguma imagem possui mais repercussão que aquelas acompanhadas apenas de texto.

Portanto, seja criativo! Procure imagens instigantes e com qualidade: de nada adianta publicar uma foto minúscula e pixelizada! Faça uma curadoria, procure fotos que combinem esteticamente com sua linguagem e sua loja. O mesmo vale para as demais redes sociais.

“I don’t mean to be rude, but…” NÃO SEJA!

“Eu não quero ser rude, mas…”. Era sempre essa a frase que Simon Cowell, jurado das primeiras edições de American Idol, usava antes de criticar um candidato. Os comentários geralmente eram mais rudes do que ele queria, deixando os participantes furiosos.

Não são raras as vezes em que algum cliente descontente com o atraso na entrega (ou qualquer outro problema) se queixa nas redes sociais. Geralmente, pra chegar neste caso, eles já estão furiosos e querem uma resposta o mais rápido possível. Demorar na resposta ou, pior, responder de maneira grosseira, piora mais ainda a situação. Portanto, respire fundo e mostre que você está lá para tentar o máximo possível fazer com que o problema seja sanado. Saiba reconhecer o erro e tente explicar de maneira educada.

A solução é manter-se sempre disponível para um diálogo. Afinal, qualquer rede social que seja foi feita pra isso: conectar aproximar pessoas que desejam se comunicar.

autor: Marcio Eugênio
fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *