Os 10 maiores erros do e-commerce

  1. Os 10 maiores erros do e-commerce




O comércio eletrônico é uma vantagem às empresas, mas nem sempre ele é implantado corretamente. Você sabe quais são os maiores erros que alguns lojistas e empresários cometem ao implantarem uma loja virtual? Confira:

Plataforma: para um e-commerce é fundamental ter uma plataforma. O ideal é que o design seja clean e conter informações claras, separadas pelo mesmo segmento e categoria e com cores claras. Ah e ser bonito! Sim, um site bonito faz toda a diferença e conquista o cliente de cara.

Informações claras sobre o produto: sempre que compra pela internet o cliente procura facilidade. O fato de não ver e sentir do produto dificulta um pouco e pode causar insegurança em alguns perfis de clientes. Por isso, deixar claro as informações do produto vendido, material utilizado na fabricação e especificação de tamanho é importante.

Frete caro: o frete caro pode fazer o lojista perder 90% das suas vendas e fazer com que o seu futuro comprador desista da compra, mesmo que o produto seja barato.

Formas de pagamento: oferecer apenas uma forma de pagamento é inviável. Muitos clientes precisam do produto para presente ou até mesmo atender uma necessidade pessoal e muitas vezes a forma de pagamento através de cartão é mais procurada devido à comodidade de realizar um parcelamento. Outras opções como boleto bancário também são válidas.

Comentários, pesquisas e contato: muitos compradores realizam pesquisas por meio da internet para verifcar a integridade da loja e índices de reclamação. Por isso, investir em medidas de segurança e certificações é muito importante e dependendo do que seja vendido na sua loja, acrescentar comentários reais de compradores no site facilita e cria confiança. Deixar claro e visível as formas de contato: telefone, horário de atendimento, redes socias e endereços de e-mail facilita ainda mais as buscas e gera credibilidade.

Propagandas e cadastro obrigatório: pop-ups frequentes de propaganda e cadastro obrigatório faz de cara que o seu cliente desista da compra. Ele não entrou no site para ver propaganda e muito menos quer se sentir obrigado a criar um vínculo sem conhecer o seu produto.

Preço: o preço incluso no produto também é importante e tem que enquadrar com o perfil da sua loja. Preços altos e não compatíveis com o perfil faz a sua venda ir por água abaixo.

Processo muito longo para finalizar a compra: o cliente escolheu o produto, a cor e tamanho do produto, mas ao finalizar a compra existem diversas páginas até concluir o pagamento. Se possível, evite tais excesso e mantenha todas as informações em no máximo duas páginas.

Palavras-chaves: incluir palavras-chave por meio de anúncios vale muito a pena. Normalmente o cliente já sabe o que deseja. Muitos optam por ferramentas de buscas que já oferecem o que é procurado.

URLs: o cliente muitas vezes não vai saber o que significa, mas é importante certificar que a sua URL pode ser compreendida. O quanto mais claro melhor pois isso também facilita na busca.

autor: Pitoli ADM
fonte: http://www.adnews.com.br/

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *