“Mídia social não é o umbigo do mundo”





Mariana Oliveira, Supervisora de Monitoramento em Redes Sociais da agência Ogilvy Brasil, palestrou na manhã desta quinta-feira (29) durante o Metrics Summit, evento organizado pelo Media Education para discutir monitoramento, métricas e mensuração de resultados no ambiente digital.

A profissional deu uma espécie de passo a passo para quem deseja planejar o monitoramento de seu cliente. Para ela, é preciso, antes de tudo, ter claro qual será o objetivo da empresa, além disso, é preciso ouvir o cliente. “Para transformar as informações disponíveis nas redes em conhecimento útil para o cliente, é preciso ter foco no briefing”, avalia.

Ela destrinchou as etapas do monitoramento em três partes: planejamento, gestão e avaliação. O que significa é que mesmo um trabalho bem estruturado em mídias sociais não terá fim. “O projeto de planejamento não é estático, é preciso revê-lo sempre”, alerta.

Montando um bom relatório

Depois de definir como será o processo de monitoramento, chega a hora de montar o relatório para seu cliente. O medo dos profissionais é montar “relatórios de gaveta”, aqueles que o cliente nunca olha. Para evitar isso, diz Marina, é preciso produzir uma material objetivo e que responda perguntas. “Um relatório precisa estar alinhado com os objetivos de negócio do cliente, insights contextuais e embasados em dados”, explica.

“Mídia social não umbigo do mundo”

Apesar do boom das redes sociais, não esqueça os indicadores off-line. Eles são importantes, conforme explica a profissional da Ogilvy: “monitoramento sempre será um recorte da realidade, um ponto de partida, não de chegada”.

autora: Leonardo Araujo
fonte: http://www.adnews.com.br

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *