Gifting!

Marketing, Advertising, Branding… e agora Gifting! E o que é Gifting, esta expressão que começa a fazer parte do repertório vocabular de criativos, executivos, marqueteiros, comunicadores, pensadores, planejadores?

Como madrinha, que batizou o conceito e vem cuidando dele com muito estudo e muita prática, pontuo que se trata de uma recém-nascida terminologia para uma categoria de mercado de longa data, que envolve o “dar-receber-retribuir” objetos, experiências, serviços e sensações — as diferentes dimensões dos gifts corporativos.

Este pensar envolve rituais, ética e etiqueta próprios, interesses, objetivos, estratégias, planejamento… E faz parte da história das relações sociais da humanidade — é só lembrar do “Cavalo-de-Tróia”, entre outros tantos presentes que marcaram épocas, definiram nações e modificaram o rumo das civilizações.

O assunto é muito rico e extenso e este é apenas o texto de inauguração. De tempos em tempos, além de um pouco de teoria, histórias e cases, trarei sempre uma nova entrevista com profissionais, do mercado e da academia, para dar diferentes pontos-de-vista a esta recém-criada categoria. Começo com um grande mestre e amigo, o publicitário Roberto Duailibi.

MP: O que o gifting abarca?
RD: Tudo. Afeto, carinho, economia, eficiência.

MP: Como você avalia a importância do gifting na estratégia de Marketing das empresas?
RD: É importantíssimo. Dar brindes regularmente para ser lembrado é estratégico – agora, dar brindes que a pessoa queira guardar – e se lembre positivamente de quem deu… essa é outra história.

MP: O gifting e as ações de comunicação no futuro: quais as suas considerações? Qual o futuro do gifting?
RD: O gifting será parte integrante do planejamento estratégico. Toda ação tem um núcleo que desencadeia a opinião – e esse grupo seleto de pessoas tem de ser atingida pessoalmente e não é através de material impresso apenas.

autor: Marina Pechlivanis
fonte: Mundo do Marketing

……………………

Apesar de mais uma palavra americanizada “surgindo” o ato de “dar brindes” ou pequenas lembranças, presentinhos aos clientes já é velho conhecido por TODOS, porém agora com um cuidado mais especial,apesar que pra quem é um bom profissional de marketing já tratava o brinde como algo especial, marcante fazendo parte de um planejamento estratégico, isso é fato que ocorre há anos…mas nada como inventar moda né – ou melhor nada melhor do que batizar com um novo nome algo que já existe há tempos – rs)

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *