Design dos sites hoje tem menos curvas e mais retas





A integração de sistemas e a programação dos sites evoluiu: os layouts estão mais flexíveis para suportar este dinamismo e facilitar a apresentação dos dados.

Trabalhando há 12 anos com design para web dá para perceber como as interfaces mudaram. E mudaram para a mesma coisa – parece estranho dizer isso, mas é o que vejo principalmente em sites internacionais. E, claro, a internet está mais bonita visualmente, clean e fácil de navegar.

Por que mudou para a mesma coisa?

O design passou por diversas transformações; antes tínhamos uma internet mais “quadrada”, com elementos retos, caixas e mais caixas, sombreados e tentativas frustradas de mudar a tipografia utilizando imagens.

Os designers mudaram e a tendência foi ter uma web mais “redonda”.

No fim da década de 90 e até uns três anos atrás, tudo deveria ter curvas. As bordas deveriam ser arredondadas, o que gerava bastante esforço do profissional para fazer com que isso fosse o mais dinâmico possível. A tipografia deveria ser Arial, porque criar texto em imagens não é favorável tanto para acessibilidade quanto para os buscadores. Sombras nem pensar. Bem resumindo, curvas chamavam atenção e eram o que deixava o layout elegante e moderno.

Menos curvas

Mas agora em 2012 tudo mudou, afinal o Google mudou e a Microsoft também. Bom, estou falando deste ano, mas essa evolução já começou um tempo atrás. Retornando ao começo deste artigo, mudamos para o que já era, tudo começou a ficar “quadrado” novamente.

As linhas são retas as caixas não são mais arredondadas. Veja os botões do Google e do novo Windows 8. O Facebook também não está atrás, assim como portais de notícias, provedores de hospedagem que reformularam os sites e empresas que buscam melhorar a experiência do usuário.

Características que agora mostram modernidade; hoje sombras são usadas em larga escala e temos a tecnologia para mudar as tipografia sem prejudicar a acessibilidade e a relevância das palavras para os buscadores. Ou seja, voltamos a um passado do design com sofisticação e acerto. Estranho dizer isso, mas agora temos elementos provenientes de décadas anteriores, mas com um toque mais refinado.

Os traços da arte concretista estão em destaque em 2012 na web, talvez porque a nova geração exija mais transparência e exatidão, porque estamos mais “preguiçosos” e o design deve ser mais racional e transmitir mais facilidade.

Mas também não é só isso: o nível de integração de sistemas e a programação dos sites evoluiu, fazendo com que os layouts passassem a ser mais flexíveis para poder suportar todo o dinamismo que esses sistemas oferecem. E um layout geométrico facilita a apresentação dos dados tendo um poder para expansão simplificado.

A tendência segue mundialmente. Quando entramos em sites que fazem concursos de “O Site do Dia”, estrangeiros ou nacionais, encontramos o mesmo estilo geométrico e visual na maioria deles. Não estou dizendo que o arrendondado sumiu de vez, mas as curvas abstratas cada dia abrem mais espaço para o concreto, eficiente e sofisticado.

autor: Robson Moulin
fonte: [Webinsider]

Para Completar

20 exemplos de “flat design”
Flat – The new design trend for 2013
Showcase of beautifull flat ui design

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *