Trabalhar em casa pode ser simples ou complicado: depende de você

Trabalhar em casa desenvolvendo uma atividade que vise o ganho financeiro requer do profissional automotivação e empenho.

Newsletter

Se você deseja receber as novidades do IFDBlog por email, insira o seu logo abaixo:
 
projeto: Fernanda Mancini e Anderson Macedo

Para muita gente montar um home office não é somente uma opção, é um sonho a ser conquistado, um objetivo de vida. Para muitos, ainda, o home office é planejado de forma a permitir ao empreendimento primeiro crescer, para depois em uma segunda etapa se desenvolver em um local externo.

Analisando o home office sobretudo como uma base física a partir da qual será obtida uma remuneração, os elementos elencados acima – aliados às facilidades proporcionadas pelo enorme avanço da tecnologia principalmente nas áreas de telecomunicações e da informática – ajudam a compreender porque o escritório em casa é considerado uma boa e adequada opção, mas é importante enfatizar que o êxito será sempre proporcional à capacidade do empreendedor em administrar bem a atividade sob todos os aspectos.

Se bem administrados os empreendimentos tendem a crescer e o sucesso será evidente, porém, se mal conduzidos, a maioria possivelmente deixará de existir antes de completar um ano de vida.

Riscos são inerentes a qualquer negócio ou atividade profissional, não são exclusividade do home office, porque se alguém montar uma loja ou uma indústria e não souber administrá-la, o sucesso certamente não se apresentará. O mesmo resultado será obtido por uma pessoa que trabalha como empregado e não sabe conduzir adequadamente sua carreira.

Independente dos motivos e das finalidades, trabalhar em casa desenvolvendo uma atividade que vise o ganho financeiro requer do profissional, além dos fatores já comentados, muita determinação, automotivação e o indispensável apoio da família.

Por isso, se você tem a intenção de montar um Home Office, é recomendável que antes de tomar a decisão que você leve em conta dentre outros fatores a natureza da atividade escolhida, o mercado potencial, a real possibilidade de êxito, seus conhecimentos técnicos sobre o assunto, a parte financeira, todos aspectos legais inerentes e o que a sua família pensa a respeito (isso é muito importante, já que mudará a sua rotina e a da sua família).

Por exemplo: se for trabalhar como representante comercial, escolha o mercado, o(s) produto(s) ou serviço(s), identifique quais empresas poderá representar, fale com elas sobre as possibilidades de ganho, as exigências profissionais requeridas e se fornecem treinamento, fale também com o Conselho Regional de Representantes do seu Estado, analise como está o mercado, veja modelos de contratos de representação e opte pelo que melhor se adeque aos seus interesses, além de se informar sobre os aspectos legais, dentre outras providências.

Se for abrir uma empresa, recomendamos que você converse também com um contador sobre os custos de abertura, regime tributário (impostos que sua empresa deverá pagar), os aspectos legais da pessoa jurídica, enquadramento em regime de microempresa, etc.

Veja também o local mais adequado em sua casa para instalar o home office, enumerando os itens de infra-estrutura que irá necessitar, como por exemplo: mesa, cadeira, computador, impressora, linha(s) telefônica(s), internet (se banda larga ou discada), aparelho de fax, utensílios (canetas, lápis, borracha, papel sulfite, bloco de anotações, agenda, calculadora) e tudo o mais que poderá necessitar no dia-a-dia da sua atividade.

Faça um plano de negócios e planeje sua empresa, sabendo o que é capital de giro, identificando os custos fixos e variáveis mensais, potencial de vendas, determinando os tipos de clientes, dentre outros, porque o conhecimento desses assuntos é fundamental para o sucesso de um negócio.

Estude e planeje detalhadamente para potencializar ao máximo as possibilidades de sucesso e como o êxito do trabalho em casa está diretamente ligado à experiência de cada um, recomendamos que você também faça uma análise da sua carreira e dos seus contatos profissionais para ver se há algum serviço que poderá realizar em casa, seja parcialmente ou em período integral.

Outra forma, é procurar empresas que estejam contratando pessoas para trabalhar em casa e ver se você se interessa pelos trabalhos oferecidos, como serviços de telemarketing, desenvolvimento de softwares, representação comercial, serviços manuais, etc.

De qualquer maneira, trabalhar em casa é uma tendência mundial. É um fato. E um privilégio.

fonte:
www.escritorioemcasa.com.br

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *