O pequeno guia de etiqueta no home office

No suplemento da Casa Claudia especial sobre Home Office, encontrei regras e dicas sobre etiqueta: um assunto raramente discutido, mas muito pertinente quando se vive e trabalha sob um mesmo teto:

ROI DE BRANDING • @WBellarco

1. Quem recebe clientes em casa deve ter cuidado com algumas regras. Bom senso é o primeiro passo. O básico: deixe por perto uma bandeja com jarra de água, copos e guardanapo. Biscoitos ou chocolates artesanais também demonstram atenção ao receber. E uma máquina de café expresso é daqueles supérfluos que fazem a diferença. Por fim, atenção é bom, mas dispense formalidades que inibam a sua visita.

2. Um belo conjunto de café ou chá é sinal de atenção. Siga o seu estilo profissional. Materiais como prata ou porcelana antiga levam um ar sofisticado ao ambiente. Porcelana colorida e pintada a mão dá uma atmosfera jovial.

3. Para reuniões que acontecem muito antes do almoço, pode-se servir o café da manhã completo, com frutas, pães e sucos. No final da tarde, uma boa opção é chá com biscoitos artesanais. No verão, sucos ou saladas de frutas são bem-vindos. Minitrufas e frutas secas combinam com dias frios.

4. Vasos com flores frescas sinalizam um cuidado especial por parte do anfitrião.

5. Cartão de visita impresso em uma empresa especializada demonstra mais cuidado do que os reproduzidos na impressora caseira.

6. Não é porque o escritório está a um pulo da cama que você deve continuar de pijama pelo resto do dia. Como conseguir disposição vestido assim? Procure usar uma roupa confortável, mas apropriada para receber alguém que chega de surpresa. Terno e salto alto são dispensáveis.

7. Animais de estimação, mesmo que sejam mansos, devem ficar afastados das visitas profissionais.

8. As maiores gafes estão relacionadas à displicência: não cumprir o horário marcado para se encontrar com clientes ou fornecedores e falta de organização e limpeza na casa, que podem denunciar descaso com o trabalho. Dedique um dia da semana para fazer faxina geral no escritório ou ateliê.

9. Se não é preciso ter uma equipe de apoio à sua disposição, considere ao menos a idéia de treinar as pessoas da família e mesmo os empregados para atender os clientes. Quando um deles lhe telefona ou bate à porta de sua casa, tem que ser recebido por todos de maneira profissional.

autora: Marina Sell
fonte: Go Home >> entrem neste blog que vale MUITO a pena tem dicas e materias ótimas pra quem tem um home office.

Postado em:

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *