Brasil mostra sua cara!

Toda estratégia de marketing depende, antes de qualquer coisa, de uma boa idéia e de uma imagem a ser defendida. Até o último dia 18 de fevereiro de 2005 o Brasil não possuía, porém, aquilo que toda empresa de grande porte sabe que precisa ter: uma marca. Foi levando em conta a necessidade de criar uma imagem positiva do país no exterior que o Governo Federal lançou a Marca Brasil, cuja apresentação internacional aconteceu em Berlim (Alemanha), no dia 14 de março.
O logo criado por Kiko Farkas, da Máquina da Notícia, foi eleito por empresários dos principais setores da indústria brasileira e os designers Sonia Carvalho e Bill Martinez, a partir de uma licitação que envolveu outros quatro finalistas: Cauduro Martino (SP), GAD Design (RS, RJ, SP), Oz Design (SP) e VCR Comunicação (MA).A Marca Brasil foi construída levando em conta os resultados de pesquisas realizadas com 190 operadores turísticos de 18 mercados, 1.200 turistas que visitaram o país e 5 mil pessoas de 18 países que nunca estiveram no Brasil, que apontaram a alegria como principal característica do país. Além disso, a Marca Brasil foi construída tendo como referência pontos como sinuosidade, luminosidade e modernidade.E se o que pesou foram as qualidades do país apontadas por estrangeiros, a intenção é estampar o símbolo nas embalagens de produtos vendidos dentro e fora do território naciona l. A criação da marca é parte da estratégia de marketing do chamado Plano Aquarela, desenvolvido pelo Ministério do Turismo, cujo objetivo central é inserir o Brasil entre os vinte maiores destinos de viagem do mundo e impulsionar as exportações de bens e serviços.

O investimento no Plano Aquarela, segundo fontes oficiais, foi até agora de R$ 4 milhões, tudo para provar que a terra do samba, futebol e café pode ser conhecida por seus outros atributos comerciais. “Nosso desejo é que o símbolo identifique o Brasil, além dos oficiais e tradicionais”, declarou Luiz Fernando Furlan, Ministro do Desenvolvimento. O governo pretende que o maior número possível de produtos brasileiros de qualidade adote a Marca Brasil e ventila a idéia de distribuir para os turistas internacionais um kit, contendo objetos como chinelos estampados com o desenho, nos aeroportos. Vale lembrar que outros países, como Holanda, Peru e Espanha, adotaram com sucesso a utilização de identidades visuais indi cadoras de sua origem.

Independente de gostos pessoais, a iniciativa do governo brasileiro, contando com a parceria entre EMBRATUR e ADG (Associação de Designers Gráficos), merece ser valorizada não apenas por visar o reconhecimento dos produtos nacionais no exterior, mas por ser um grande passo, ainda que tardio, no sentido de comprovar o quanto a marca é essencial para a valorização da imagem institucional. Os designers agradecem.

matéria enviada por: EVALDO NUNES – GDEZ
………………….
Valews Evaldo pela contribuição ao IFD BLOG.

Assine Nossa Newsletter • Se você deseja receber as novidades do IFDBlog por email, insira o seu logo abaixo:

 
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *