Porque o laço vermelho é o símbolo da Luta Contra a Aids?



Transformar o 1º de dezembro em Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi uma decisão da Assembléia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas – ONU. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/aids. A escolha dessa data seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada, a partir de 1988, por uma portaria assinada pelo Ministro da Saúde.

Porque o laço vermelho como símbolo?

O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a aids. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de New York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de aids.

O Visual Aids tem como objetivos conscientizar as pessoas para a transmissão do HIV/aids, divulgar as necessidades dos que vivem com HIV/aids e angariar fundos para promover a prestação de serviços e pesquisas.

O laço vermelho foi escolhido por causa de sua ligação ao sangue e à idéia de paixão, afirma Frank Moore, do grupo Visual Aids, e foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo.

Foi usado publicamente, pela primeira vez, pelo ator Jeremy Irons, na cerimônia de entrega do prêmio Tony Awards, em 1991. Ele se tornou símbolo popular entre as celebridades nas cerimônias de entrega de outros prêmios e virou moda. Por causa de sua popularidade, alguns ativistas ficaram preocupados com a possibilidade de o laço se tornar apenas um instrumento de marketing e perdesse sua força, seu significado. Entretanto, a imagem do laço continua sendo um forte símbolo na luta contra a aids, reforçando a necessidade de ações e pesquisas sobre a epidemia.

Hoje em dia, o espírito da solidariedade está se espalhando e vem criando mais significados para o uso do laço.

Inspirado no laço vermelho, o laço rosa se tornou símbolo da luta contra o câncer de mama. O amarelo é usado na conscientização dos direitos humanos dos refugiados de guerra e nos movimentos de igualdade. O verde é utilizado por ativistas do meio ambiente preocupados com o emprego da madeira tropical para a construção de sets na indústria cinematográfica. O lilás significa a luta contra as vítimas da violência urbana; o azul promove a conscientização dos direitos das vítimas de crimes e, mais recentemente, o azul vem sendo adotado pela campanha contra a censura na internet.

Além da versão oficial, existem quatro versões sobre sua origem. Uma delas diz que os ativistas americanos passaram a usar o laço com o “V” de Vitória invertido, na esperança de que um dia, com o surgimento da cura, ele poderia voltar para a posição correta. Outra versão tem origem na Irlanda. Segundo ela, as mulheres dos marinheiros daquele país colocavam laços vermelhos na frente das casas quando os maridos morriam em combate.

Com todas essas variações, o mais importante é perceber que todas essas causas são igualmente importantes para a humanidade.

12 Comentários

  1. Também gostei de tudo… e outra não liga pra esses carinhas que envia coisas tipo essas, pois são apenas quem não tem o que fazer abraço… e muito bom.. vou divulgar pra concientizar todos…

  2. Bom axhei este site meio confuso pois não fala muito bem por que do laço vermelho ser o simbolo da AIDS mais mesmo assim me ajudou muito.
    Obrigado.

    Yan

    • Yan…sendo um pouco chata mas é aCHei ok, deixa o X pra Xuxa ;) E se o quarto paragrafo não explicou claramente o significado e o porque do uso do laço como símbolo, só tenho a lamentar sua falta de interpretação ao texto.

      Leia novamente ou pesquise mais no google quem sabe você entenda melhor.

      Em relação so outros outros comentários enviados por você xingando o blog foram todos deletados muitas vezes a falta de maturidade de certas pessoas ao serem corrigidas por não saberem nem o português correto causam atitudes como a sua, mas como aqui somos adultos para entender imaturidades alheias ;) apenas deixaremos aprovar seus comentários caso estes sejam ofensivos ao blog.

  3. O material que eu tinha é o que esta publicado no blog, porém você pode garimpar outros no proprio google e montar um material adequado para os jovens que quer sensibilizar.

    Boa pesquisa.

  4. Gostei da explanacao gostaria no entanto gostaria de receber mais informacao para poder sensibilizar outros jovens.muito interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *