A origem dos nomes das grandes agências de publicidade

  1. A origem dos nomes das grandes agências de publicidade




Se você já pensou em abrir um negócio, certamente também refletiu sobre qual nome daria a ele. O Adnews contatou algumas das principais agências de publicidade do País para saber qual a origem de seus nomes.

Por que a Africa é Africa e não Ásia? O que significa NBS? O que é o 9 da DM9? Essas e outras respostas você encontra abaixo. Aproveite e deixe o nome e significado de sua agência nos comentários.

Confira:

Africa

Segundo a própria agência, o nome Africa foi escolhido por ser entendido internacionalmente e ainda homenagear um povo que em muito repercutiu na cultura brasileira. Apesar de ser uma agência brasileira, as suas campanhas têm presença global através de clientes como Itaú e Budweiser, por exemplo.

AGE Isobar

O nome AGE surgiu num sonho de uma das fundadoras Ana Lucia Serra. Era a véspera do lançamento da agência e os 3 sócios não tinham um nome fechado ainda. Foi nesta noite que a Ana sonhou com o termo “New age”. Os sócios gostaram e fecharam com AGE (veja a explicação para Isobar abaixo).

AgênciaClick Isobar

A AgênciaClick foi fundada por Pedro Cabral e Abel Reis e recebeu esse nome em 1999. Naquela época, o nome “Agência” emprestava o glamour das agências a essa nova empresa, enquanto o “Click” trazia o glamour de uma nova agência, e ao mesmo tempo, também deixava claro que se tratava de uma proposta diferente do mercado, remetendo muito à interatividade.

Em 2009 esse nome ganhou o sobrenome Isobar, que significa linhas sob a mesma pressão em qualquer parte do mundo, e traduz a força global da rede de agências que ela nomeia: aberta, transparente e colaborativa.

Agnelo Pacheco Comunicação

Segundo o próprio Agnelo, a agência ia se chamar Soft. Em 1985, quando deixou a Norton, ele tinha escolhido o nome Soft Criação & Propaganda. “Entretanto, assim que saíram as primeiras notícias, recebi uma ligação de um senhor de Campinas, dizendo que já tinha, com seus dois filhos, uma agência chamada Soft”, explica o publicitário que não teve opção a não ser escolher o Agnelo Pacheco Comunicação, mesmo não querendo colocar o próprio nome no negócio.

Apesar da relutância, a decisão se mostrou acertada.  “Eu já era reconhecido no mercado e as portas se abriram mais rapidamente”, explica ao Adnews o criador do bordão “Tomou Doril, a dor sumiu”.

Mas ele ressalta: seu nome verdadeiro tem dois L’s, “Agnello”. Ou seja, seu desejo inicial de não colocar o próprio nome na agência é cumprido até hoje. De certa forma.

AlmapBBDO

Almap significava, originalmente, Alcântara Machado Publicidade. O nome é composto pelas iniciais dos antigos sócios da agência, os irmãos José de Alcântara Machado e Caio de Alcântara Machado. Nos anos 70, após a entrada do lendário Alex Periscinoto na sociedade, a agência mudou para Alcântara Machado Periscinoto Publicidade.

Quando a agência foi vendida para Marcello Serpa e José Luiz Madeira, em 1993, o nome já estava consolidado e permaneceu. A sociedade com a BBDO – formada pela fusão da BDO (Barton, Durstine & Osborn) e Batten Co – fez a agência virar a AlmapBBDO, praticamente no mesmo ano.

Artplan

A Artplan nasceu, há 46 anos, como house-agency do grupo imobiliário Veplan – vendas e planejamento. Grupo este que, algum tempo depois, se tornaria Multiplan.

E como, desde o começo, a agência entende que criação e planejamento devem andar sempre juntos, surgiu o nome Artplan (Arte e planejamento).

Borghi/Lowe

Borghi é o sobrenome do presidente da agência, José Borghi. Lowe representa o grupo multinacional Lowe and Partners.

A agência brasileira é a única de todo o Grupo que tem o nome de um profissional, no caso Borghi, na frente do Lowe.

Dentsu

O fundador da Dentsu, Hoshiro Mitsunaga (1866-1945), serviu como correspondente de guerra, o que lhe deu o gosto do mundo do jornalismo. Essas experiências levaram-no à ideia de começar uma agência de notícias.

Em 1901, para gerar a renda necessária para apoiar a operação, ele criou uma empresa para vender anúncios em jornais. Em 1906, Hoshiro fundiu as duas empresas para formar a Nippon Dempo Tsushin-sha – Japan Telegraphic Communication Co. Ltd, a seguir denominada Dentsu.

Isto marcou o início do capítulo em que Dentsu operou tanto como uma agência de notícias quanto uma agência de publicidade.

DM9DDB

Nascida originalmente na Bahia em 1975, a marca DM9 leva até hoje o nome de seu fundador, o publicitário Duda Mendonça. O ‘9’, por sua vez, não possui significado especial, é apenas o espelho do ‘d’, escrito com letra minúscula, do início do nome.

O DDB veio já nos anos 90, anos depois da compra da marca feita por Nizan Guanes, quando a agência passou a fazer parte da rede Doyle Dane Bernbach, fundada por Maxwell Dane, James “Ned” Doyle, e William Bernbach em 1949.

DPZ

A agência por trás de clássicos da propaganda nacional traz em seu nome as iniciais dos sobrenomes de seus fundadores: Roberto Duailibi, Francesc Petit e José Zaragoza.

Eugenio

A Eugenio Publicidade nasceu na virada de 1989 para 1990. O nome veio diretamente do seu principal acionista, Mauricio Eugenio. Como figura de destaque tanto no mercado publicitário, como no imobiliário, Mauricio soube capitalizar para agência sua influência no mercado. Hoje, a Eugenio é reconhecida tanto como uma das principais agências do País (figura entre as 40 maiores do ranking do Ibope), como líder dentro do marketing imobiliário.

F.biz

O termo fulano, usado para indicar anônimos, nomeou um dos primeiros sites da internet brasileira. Em 2001, o Fulano mais conhecido da web ganhou uma divisão de “business” (do inglês “negócios”), chamada F.biz, que teve fôlego para respirar além da bolha da internet, em meados do ano 2000.

“O legado deixado pelo Fulano inspira o momento vivido hoje pela F.biz”, diz Pedro Reiss, co-CEO da agência, que segue com o F de Fulano à frente de negócios que há muito saíram do anonimato.

F/Nazca Saatchi & Saatchi

O nome F/Nazca Saatchi & Saatchi é uma composição de três significados:

1º – O F/, que é a inicial de Fabio Fernandes, sócio fundador, presidente e diretor-geral de criação da agência.

2º – Nazca, que é o nome de uma holding lançada em 1994 pela Saatchi & Saatchi com a intenção de atuar em toda a América Latina. A escolha do nome Nazca foi uma homenagem à região do Peru, conhecida por desenhos imensos gravados na terra e que só foram descobertos no início do século 20.

3º – Saatchi & Saatchi é o sobrenome dos irmãos Charles e Maurice Saatchi, que fundaram a agência em 1970. Com um crescimento vertiginoso nos anos 80 e 90, a Saatchi & Saatchi fez história na propaganda inglesa e tornou-se uma rede mundial, da qual a F/Nazca faz parte.

FCB Brasil

As letras FCB significam Foote, Cone & Belding.

A empresa passou a funcionar com esta denominação em 4 de janeiro de 1943, como a agência sucessora da Albert Lasker, Lord & Thomas, fundada em 1873.

A mudança ocorreu após a saída de Albert Lasker, que estava à frente da empresa desde 1910.

Antes de retirar-se, Lasker entregou seus ativos aos dirigentes de seus três escritórios, à época: Emerson Foote, em Nova York, Fairfax Cone, em Chicago, e Don Belding, em Los Angeles.

Hoje a FCB é um dos maiores conglomerados de publicidade e propaganda do mundo, atuando em 90 países. E, desde sua criação, a agência e seu trabalho têm sido reconhecidos em um sem-número de competições internacionais que premiam audácia, inovação e eficácia.

Com escritórios em São Paulo e no Rio, em nosso País a denominação é FCB Brasil.

Fischer

A Fischer, que tem mais de 30 anos de história, tem esse nome por causa de seu fundador e presidente, Eduardo Fischer, um dos mais consagrados e criativos empresários da publicidade brasileira.

A empresa nasceu como Fischer & Gabus Mendes, e ao longo do tempo teve sobrenomes diversos. Atualmente é apenas Fischer.

Fullpack

Segundo a própria agência, o nome Fullpack traduz toda a essência do grupo. Olhar a comunicação como um todo, utilizando toda e qualquer ferramenta, seja no online, offline ou no design. Na tradução, o nome significa algo como “pacote completo”.

Giacometti Comunicação

Segundo Dennis Giacometti, sócio-diretor e fundador da Giacometti Comunicação, a escolha do nome ocorrida há 20 anos quis imprimir o caráter de Pensamento Estratégico, que já era especialidade profissional da agência.

O nome Giacometti, segundo o sócio, era quase uma garantia aos clientes de que “o chefe”, o “dono”, estaria à frente do processo, muito próximo dos clientes.

“Preferimos esse caminho, inclusive, em contraposição às ‘Sopas de Letrinhas’ adotadas por muitos da concorrência e que, na nossa visão, conota algo muito impessoal – além de dificultar o recall, diante de tantas siglas, que muitas vezes requisitam tradução”, diz ao Adnews.

Ainda segundo a explicação, o acréscimo do termo “Comunicação” está em sintonia com o cardápio ampliado oferecido aos clientes.

Heads

Os sócios são fãs dos Talking Heads,  os cabeças falantes, banda que fez história nos anos 70 e 80. Além disso, a agência afirma que “Heads” é capital, é o local onde o talento se cria, a criação se manifesta, a sinapse acontece, a massa cinzenta se hospeda,  o cérebro articula e comanda aquilo que somos e queremos ser.

Outro fator é uma explicação iconográfica, concreta: se observarmos com atenção, dentro da palavra Heads, é possível observar as letras AD, que, juntas,  formam o diminutivo carinhoso de advertising,  propaganda,  que é, sintetizando, o negócio da empresa há 25 anos.

JWT

JWT representa as siglas do fundador da agência, James Walter Thompson. Ele era um homem de muitos talentos. Depois de servir como marinheiro a bordo do USS Shenandoah durante a Guerra civil, Thompson conseguiu emprego em um bureau de mídia, vendendo espaços em publicações religiosas e sendo pioneiro no uso da publicidade em revistas femininas. Quando ele finalmente conseguiu adquirir o escritório, por $500 (além de um extra de $800 pela mobília), o renomeou com seu próprio nome – J. Walter Thompson.

A partir daí, começou a mudar a indústria para criar o que hoje conhecemos como modelo de agência de publicidade moderna. Sob sua supervisão, J. Walter Thompson criou o departamento de criação e contratou a primeira mulher Diretora de Criação da história, trouxe clientes estrangeiros para os Estados Unidos e levou a expertise americana para fora – Quando abriu o primeiro escritório internacional em Londres, em 1899.

Iniciando com apenas uma fatia de negócio da Chesebrough-Ponds em 1886, J. Walter construiu uma carteira de importantes clientes – incluindo Unilever, que segue com a agência por mais de 100 anos. Seu império contabilizava $26.8 milhões em faturamento interno no ano de sua morte – 1928.

Leo Burnett Tailor Made

Leo Burnett foi um publicitário e executivo famoso pela criação de ícones como Jolly Green Giant, The Marlboro Man, Tony the Tiger. Em 1935, fundou a sua própria agência, em Chicago, conhecida mundialmente como Leo Burnett Worldwide (hoje são 94 escritórios pelo mundo).

No Brasil, a agência está há 39 anos, mas, há exatos três anos, agregou um “sobrenome” a seu nome, quando, em maio de 2011, a agência se uniu à Tailor Made, empresa recém-criada por Paulo Giovanni e que foi incorporada pelo grupo.

Com o Tailor Made, esta foi a primeira vez que a Leo Burnett permitiu, em sua história, incorporar um outro nome à marca Leo Burnett.

Lew’Lara\TBWA

O Lew’Lara possui esse nome por causa dos sócios fundadores (Jaques Lewkowicz e Luiz Lara) e o TBWA é por causa da rede.

Loducca

Parte da história de como surgiu o nome da agência de Celso Loducca está descrita no livro “O Que Interessa é a Vida”.

Tudo começou quando Frank Lowe quis expandir seu império pela América do Sul, e São Paulo lhe parecia uma ótima ideia. Ele pensou na DM9, mas a agência tinha a conta das cervejas Antarctica e Bavaria – e um dos maiores clientes da inglesa Lowe era a Heineken.

Nizan Guanaes então sugeriu uma sociedade com Celso Loducca. Estava feito o casamento. Celso, com seu perfil muito mais low do que o de Lowe, pensava em batizar a agência de Biscoitos Finos (que ele acreditava ser uma boa definição para o negócio que fazia). Mas, quando disse ao sócio que preferia não exibir seu sobrenome na marca da nova agência, Frank Lowe respondeu firme:

— Estou botando meu nome no negócio e me comprometendo. Se você não bota o seu, é porque não acredita.

Assim nasceu em 1995 a Lowe Loducca & Partners, hoje chamada apenas de Loducca após o término da sociedade.

Master Roma Waiteman

Segundo Antônio Freitas, presidente da agência, o nome apareceu quando ele viu seu diploma de mestrado, obtido na USC – University of Southern California , Los Angeles. O título: Master of Arts in Communications Management.

Saiu o nome Master Comunicação e Marketing Ltda. Com os sócios Marcelo Romaniewicz e Flavio Waiteman, virou Master Roma Waiteman.

NBS

A insatisfação dos sócios deu origem ao nome NBS. A sigla vem da expressão “no bullshit”, algo como “sem conversa fiada”. “Mais do que um nome divertido, pra gente isso é uma filosofia de vida: dedicar nossa energia só ao que interessa e não dar importância ao que não faz diferença”, diz a agência em comunicado.

Ogilvy & Mather Brasil

Um dos nomes acima você certamente já deve ter ouvido falar. Ogilvy vem de David Mackenzie Ogilvy, fundador da rede. Bem menos conhecido é Edmund Mather. Diferentemente do primeiro, famoso por seus livros e frases emblemáticas, a rede recebeu o sobrenome de Edmund, pois ele era sócio da Mather & Crowther, agência londrina parceira de David que, nos 60, acabou se fundindo à agência do lendário publicitário.

Publicis Brasil

Marcel-Bleustein Blanchet fundou a Publicis  – primeira agência de publicidade da França – em 1926 em Paris. O nome da agência surgiu a partir da combinação das palavras francesas publicité (publicidade) e six (seis), o seu número favorito. Ao longo dos anos, o Publicis Groupe – do qual a Publicis Brasil faz parte – tornou-se parte fundamental na história da publicidade mundial. Hoje, é um dos maiores conglomerados globais de comunicação, tem  atividades em 108 países e emprega aproximadamente 62 mil profissionais.

.R.E.F. Comunicação

A grafia de .R.E.F. Comunicação (repare nos pontos) está relacionada, primeiramente, aos sócios, mas também ao posicionamento adotado pela agência perante os clientes e o mercado. Os quatro pontos da grafia (.R.E.F.) representam os quatro sócios da agência, assim como as letras .R. E. F. estão diretamente relacionadas às iniciais dos nomes dos quatro: R de Ricardo Calfat e Renato Pereira, E de Eduardo Barros e F de Fernando Calfat.

Considerando o posicionamento da agência, “Além das ideias”, os quatro pontos da grafia foram inspirados nas quatro estações do ano (verão, outono, inverno, primavera), nos quatro elementos (terra, fogo, água, ar), nas quatro direções (norte, sul, leste, oeste), nas quatro fases da lua (nova, minguante, crescente, cheia)… Então, se a força motriz que nos impulsiona diz que tudo possui quatro elos motivadores, quais seriam os elos motivadores da.R.E.F.? O que faz sua equipe ir seguir adiante? A resposta, segundo a agência, é justamente ir além. Ir além das ideias.

Talent

O nome da Talent não tem muito segredo. A palavra significa “Talento” em inglês. A agência acredita que o “talento muda tudo”.

Taterka

A Taterka leva esse nome porque é o sobrenome do seu fundador e presidente, Dorian Taterka, o Dodi.

Wieden+Kennedy São Paulo

O nome Wieden+Kennedy é uma junção do nome dos sócios-fundadores da agência: Dan Wieden e David Kennedy.

A agência foi fundada em Portland, no dia 1º de Abril de 1982. E hoje é a maior agência independente do mundo, com 8 escritórios em 7 países – Portland, New York, São Paulo, Londres, Amsterdam, Delhi, Tokyo e Shanghai.

A Wieden+Kennedy chegou ao Brasil em novembro de 2010. No País ela é liderada por Icaro Doria e André Gustavo. A W+K SP começou com 9 pessoas e hoje conta com mais de 140 funcionários. A carteira de clientes conta com importantes marcas como, Nike, Heineken, TIM, Mondelez, Diageo, Coca-Cola, Philips e Banco Original.

WMcCann

O W vem de W/Brasil, agência de Washington Olivetto, que inclusive inspirou uma canção do Jorge Ben Jor “Alô, Alô W/Brasil”. McCann vem de McCann Erickson e que, inicialmente, obteve este nome como resultado da junção de duas agências pioneiras: The H. K. McCann Company, inaugurada em 1912, e The Erickson Company, fundada em 1902.

A WMcCann surgiu em 2010, resultado do casamento da W/Brasil com a McCann Erickson. Foi a junção do pioneirismo e tradição da McCann, com a popularidade da W/Brasil. Uma união de trajetórias diferentes, mas de sonhos similares. Um casamento baseado na comunhão de ideias, que juntou um dos maiores nomes da publicidade brasileira – e um dos maiores da mundial – com o tradicional grupo.

Wunderman

Wunderman é o sobrenome do fundador da agência, o norte-americano Lester Wunderman. Desde 1958, a rede coleciona mais 170 escritórios em 60 países mundo afora.

Y&R

A Young & Rubicam recebeu o nome de seus fundadores, John Orr Young e Raymond Rubicam, que em 1923, na Filadélfia, iniciaram o império conhecido nos dias de hoje.

autor: Leonardo Araujo
fonte: Adnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *