8 jingles clássicos de produtos nacionais





Algumas campanhas vão além da sua função inicial de promover um produto e se tornam documentos históricos – ou parte de nossa memória afetiva.

Os jingles, músicas de refrão simples e curta duração, com sua fórmula feita para grudar na lembrança, são exemplos de mensagens publicitárias que atravessam décadas.

Guaraná Antarctica

Em julho de 1991, a DM9 criou a campanha Guaraná Antarctica Sabores. Formada por dois filmes – Pizza e Pipoca – a ideia era associar lanches ao refrigerante. Não demorou muito e os dois comerciais tornaram-se hinos clássicos: o jingle Pipoca fez tanto sucesso que recebeu até uma versão para o carnaval – e até hoje é cantado por todos.

Danoninho

O Danoninho tem um dos jingles mais conhecidos por quem era criança na época da campanha. Veiculada em 1988, a composição é de José Mário e Luiz Orquestra. Tocada no piano, a música é na verdade uma paródia do que é conhecido como “Chopsticks”: composições feitas com notas musicais em dupla, para que possam ser tocadas por duas pessoas.

Parmalat

Lançada em 1996, a campanha “Porque somos mamíferos”, da Parmalat, invadiu a televisão com crianças fantasiadas de bichinhos – e comoveu o público. Criada por Nizan Guanaes, então da DM9, hoje DM9DDB, a campanha virou febre e marcou época acompanhada de uma promoção que distribuiu mamíferos de pelúcia pelo Brasil.

Lollo

O “chocolate fofinho da Nestlé” marcou uma geração à época do seu lançamento no Brasil, nos anos 80. Criada pela agência Publicis, a animação lançou o personagem Lollo, uma barra de chocolate rechonchuda. Vinte anos após deixar as prateleiras, o produto voltou a ser vendido em 2012 – principalmente por causa do clamor dos consumidores nas redes sociais.

Toddy

Era 1958 e a televisão brasileira não tinha nem dez anos quando a propaganda ao lado foi ao ar. Inspirado nos musicais da Atlântica, o comercial é o retrato de uma época. E, assim como grande partes das campanhas daquele tempo, o jingle não poderia deixar de ser literal e direto: “Toddy é gostoso, é nutritivo, é econômico”.

Brahma

Em 1991, quem ligasse a televisão poderia flagrar o cantor João Gilberto cantando os versinhos “Pediu cerveja / pediu Brahma Chopp”. A versão em bossa nova era a trilha do comercial “Orquestra” – que além da performance do artista no Teatro Municipal mostrava paisagens ensolaradas e os mares alaranjados ao pôr-do-sol do Rio de Janeiro.

Fusca

O pequeno “gigante que não deixa ninguém na mão” ganhou uma campanha para lançar o seu slogan “Eu amo Fusca” em 1982. O filme é dos mais famosos da Volkswagen e foi veiculado nos intervalos dos jogos da Copa daquele ano. Detalhe: no começo deste ano o carro ganhou uma campanha “vintage” para apresentar o Novo Fusca 2013.

fonte: Exame – Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *