7 Dicas para aumentar a visibilidade do médico na internet





O mundo online praticamente mudou a rotina de diversas áreas do conhecimento.

Na Medicina não é diferente.

Na mesma medida em que o número de usuários da internet cresce assustadoramente ano a ano, as formas de relações entre as pessoa também sofrem transformações. O novo perfil de pacientes, cada vez mais independentes e informados, faz com que o médico tenha mais responsabilidade em relação às suas informações na internet, tornando-as mais precisas e atualizadas.

Algumas estatísticas mostram, por exemplo, que os pacientes tendem a buscar informações sobre saúde sozinhos:

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Pew & American Life, 75% das pessoas na faixa etária entre 18 e 65 anos buscam informações sobre saúde online – e entre as pessoas com mais de 65 anos, esse percentual também é significativo, 58%.

Dessa forma, é visível que a internet ocupa um espaço importante no comportamento humano atualmente.

Para o profissional de saúde, este fato representa uma dificuldade, porém também uma oportunidade.

Hoje, o profissional de saúde pode utilizar a internet a seu favor, como mais uma ferramenta de construção da sua reputação e aquisição indireta e pacientes, além é claro de gerar grandes benefícios para sociedade digital.

Separamos neste artigo 7 dicas para que você possa aumentar a visibilidade do médico na internet, ou profissional de saúde, na internet e utilizá-la como importante ferramenta de comunicação e Marketing.

1. Os limites da internet para profissionais de saúde

Em um mundo em que facilidades como marcação de consultas online, busca de profissionais da rede credenciada através da web, confirmação através de SMS e crescimento das redes sociais, é imprescindível que o profissional de saúde aumente sua presença online.

Entretanto, para fazer isso de maneira correta é necessário se atentar aos códigos de ética da categoria, mantendo os princípios de transparência, honestidade, qualidade, consentimento livre e esclarecido, privacidade, ética médica, responsabilidade e procedência.

É preciso ficar claro, portanto, que a melhora da presença online do médico é uma atitude que se reverte em bem social na medida em que aproxima a Medicina de seu alvo, o ser humano, encurtando distâncias e agindo como agente fomentador da saúde pública.

Da mesma forma, para o profissional a medida acarreta em aumento da visibilidade do médico na internet entre pacientes e colegas, assim como proporciona a criação de novas oportunidades, podendo ainda facultar o aumento do poder de negociação com parceiros e fontes pagadoras.

2. “Este telefone não existe”

Não há nada mais desagradável e negativo do que ouvir esta mensagem ao ligar para um telefone no site de um médico ou até mesmo empresa.

É necessário manter os seus dados sempre atualizados em todos as redes sociais, redes profissionais e sites de listagem de médicos.

Além dos dados de contato, também é importante manter atualizada inclusive a foto de seu perfil, uma vez que uma imagem recente e fotografada de forma profissional aumentará sua credibilidade perante aos pacientes.

Ao manter outras informações constantemente atualizados, com participação em congressos, cursos, atualizações e novas especialidades você proporciona maior segurança a seus pacientes na hora de escolher com quem se consultar.

3. Geração de conteúdo

Se você já pesquisou sobre marketing digital com certeza já deve ter se deparado com o termo “Content is the king!”.

Ele é frequentemente utilizado para ressaltar a importância da produção de conteúdo para construção de uma marca na web.

Produzir conteúdo único, atualizado e relevante para seus pacientes é a melhor forma de se posicionar como referência em sua área.

Além disso, um bom conteúdo irá se tornar seu ativo, proporcionando cada vez mais pessoas o encontre através de mecanismos de busca (Google, por exemplo).

Por isso, caso ainda não possua, você pode criar um blog e começar a escrever conteúdo de qualidade, com o intuito de informar e esclarecer as dúvidas dos seus pacientes.

O ideal é que os seus textos sejam atuais, autênticos (não apenas copie de outras fontes) e postados com certa frequência.

4. Grupos e fóruns online

26% dos pacientes procuram informações em fóruns, de acordo com a pesquisa da Pew & American Life

Participe de grupos de discussão e de fóruns online que oferecem ajuda a pacientes.

Além de divulgar o seu trabalho você também estará prestando auxílio real a pacientes que poderão então contar com a opinião de um especialista.

5. Seu consultório no Google Maps

Simples de fazer, cadastrar seu consultório no Google Maps permitirá que você apareça mais facilmente nas buscas do Google para seus pacientes.

Por exemplo, se o paciente digitar “Fisioterapeuta vila mariana São Paulo” no Google, estes serão os resultados que ele encontrará – além dos anúncios pagos (AdWords):

Busca Locais Google

Perceba que facilmente você consegue encontrar diversas clínicas, acessar seu site e até já criar um percurso pelo GPS para ir até o local – por exemplo, para clínicas que trabalham com atendimento de emergência, isso é um grande valor ao paciente.

6. Sua marca sempre presente

Seu nome ou o nome de sua clínica são a sua marca.

Dessa forma, é importante fazer com que sua conta no Twitter, fan page no Facebook, blog e site estejam sempre alimentados com material de qualidade, sejam eles produzidos de sua autoria ou selecionados por você, em uma forma de curadoria.

Tenha também o cuidado de separar seu perfil pessoal do profissional, evitando tratar de assuntos profissionais em sua página pessoal e vice-versa.

7. Serviços online extras

Uma das melhores formas de melhorar sua presença na web é oferecendo serviços online, como a agendamento de consultas e a possibilidade de permitir que pacientes e outros médicos verifiquem os resultados de exames via internet.

autor: Tales Buonarotti
fonte: Blog iClinic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *