Qual o Tamanho Ideal do “Assunto” em um Email?

  1. Qual o Tamanho Ideal do “Assunto” em um Email?




Algumas medidas básicas podem aumentar a taxa de abertura de um email marketing em 5% ou mais. As caixas de email da maioria das pessoas é uma loucura completa, tornando o sucesso da conversão de clientes de email marketing uma tarefa bastante difícil. Todo empresário sabe disso, e ninguém, mesmo com um pouco de experiência com email marketing pode ignorar o conselho básico para melhorar a sua taxa de abertura: seja cuidadoso ao clicar em “enviar”, personalize quando necessário e, claro, capriche no campo assunto (ou “subject” da mensagem).

São todas ótimas dicas, mas, o leitor poderia se perguntar, onde exatamente é a linha que separa o “pessoal” do “inconveniente”? Quando exatamente é momento ideal de enviar o email para a sua mailing list? E o quê exatamente constitui um subject “matador”?

A controvérsia oscila por todas essas perguntas, mas Madhu Gulati, presidente da empresa de automação de marketing ShowMeLeads, revelou recentemente em sua coluna no LinkedIn possuir uma resposta definitiva à última delas. De acordo com Madhu, pesquisas revelam que há uma contagem muito específica do número de palavras que devem constar no campo assunto de um email marketing.

A pesquisa

Gulati cita uma pesquisa que analisou 260 milhões de emails de 540 campanhas para determinar o tamanho ideal do “subject” em um email marketing. A análise revelou insights claros e práticos para os profissionais de marketing:

– Campo assunto do email contendo de 6 a 10 palavras geraram uma taxa de abertura de 21%;
– Campo assunto do email contendo 5 ou menos palavras geraram uma taxa de abertura de 16%;
– Campo assunto do email contendo de 11 a 15 palavras tiveram uma taxa de abertura de 14%. Apesar disso, mais da metade (52%) dos emails se enquadraram nessa faixa.

A conclusão

Não há nenhum mistério aqui – a conclusão é que, obviamente, devemos manter o campo assunto de um email contendo de seis a dez palavras, e termos a consciência de que a forma mais comum de sermos ignorados é uma linha muito longa no subject da mensagem. Seguir essa simples orientação parece aumentar a taxa de abertura em 5% ou mais.

Esse tamanho pode funcionar porque as pessoas são simplesmente preguiçosas ou extremamente pressionadas pelo tempo devido à sobrecarga de emails que recebem, mas Gulati também especula que a frequência com que as pessoas verificam seus emails em seus smartphones provavelmente também influencia no resultado. “Linhas de assunto curtas são ideais para usuários de dispositivos móveis, pois podem ser facilmente exibidas em seus aparelhos”, defende ela.

Não se pode negar que a linha de assunto do email é o componente mais crítico para garantir o sucesso de uma campanha de email marketing, já que pessoas tomam a decisão de abri-lo ou não de acordo com o título da mensagem. O estudo mostra que a concisão é útil para atrair clientes e envolvê-los com as ofertas, na medida em que lêem o título e se interessam pelo assunto.

A abordagem personalizada também tem sido útil no engajamento e retenção de clientes. Emails com o primeiro nome dos destinatários levou a um aumento de 2,6% nas taxas de abertura, em oposição às mensagens sem nomes. Outra tendência emergente que tem chamado a atenção dos usuários é o uso de títulos de filmes ou letras de música nos assuntos dos emails. Títulos como esses experimentaram um desempenho consideravelmente melhor. Essa tática foi usada para atingir um determinado segmento de clientes. Na verdade, é supostamente uma forma criativa de mirar o alvo e captar a atenção do público. Mas é claro que existem outras que você também pode experimentar e testar a fim de obter o melhor resultado em suas campanhas de email marketing.

fonte: LinkedIn Articles

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *