Primeiros passos para o mobile marketing

Dois meses atrás, fiz uma palestra onde comparei a mídia de ontem com a de hoje e chamei o mobile de uma mídia sem precedentes. Uma mídia sem passado, mas com tendências esmagadoras. Todo mundo está animado com o potencial desse canal, ele se parece com a internet, mas tem características próprias. Nós brasileiros devemos prestar ainda mais atenção a ele, afinal, nenhum outro país é tão louco por internet como o nosso. E o celular não fica nem um pouco atrás, número que já ultrapassou os 220 milhões.

Junte essas duas paixões ao fato de que a venda de smartphones cresceu 72% em 2010 e 257% o número de conexões 3G. De olho nesse bolo publicitário que não para de crescer, o Google lançou um vídeo para mostrar a importância dessa mídia na estratégia de comunicação das empresas.

Eis alguns dados:

  • A quantidade de pesquisas feitas pelo celular cresceu 400% em 1 ano
  • 30% das buscas por restaurantes são feitas pelo celular
  • 1 em cada 3 buscas têm objetivo local
  • 77% das pessoas telefonam ou visitam o estabelecimento depois de encontrar informações a respeito

O que essas informações insinuam é que mobile é uma mídia local — como o rádio. Mas ao contrário de receber informações aleatórias ao longo do tempo; elas solicitam o que querem quando querem. Como quando você está em uma cidade nova e quer ir a um restaurante legal sem ter que perguntar para o recepcionista do hotel ou ao taxista. Ou quando está procurando uma loja, mas não sabe exatamente onde ela fica. Em se tratando de mobile, é right here, right now!

O Google também deu os 5 primeiros passos que uma empresa deve dar para entrar na era do mobile marketing.

1. Construa uma versão mobile do seu site.

Experimente encontrar o endereço de uma loja do seu celular. Se ela tiver uma ou duas lojas, talvez você encontre de cara no Google. Caso contrário, terá que entrar no site. E se você já acessou um site normal em um aparelho de celular, sabe o quanto exige da sua visão e paciência.

O primeiro passo, sem dúvida, é ter uma versão adaptada do site para o dispositivo móvel. Mas pasmem, 79% dos maiores anunciantes online não têm. (até o Pequeno Guru tem!)

DICAS: mantenha o layout simples, priorize o conteúdo, use os recursos do celular, projete para dedos não para mouse.

2. Leve as pessoas para dentro da loja

Com a versão mobile do site pronta, é preciso que eles acessem. Se as pessoas estão procurando algo pelo celular, é porque elas o querem naquela hora, e 1/3 das vezes é algo local. Esse comportamento explica porque o Foursquare é um grande sucesso e já atraiu mais de 10 milhões de usuários e meio milhão de estabelecimentos. É preciso focar a estratégia mobile para o localismo, facilitando o encontro de informações e atrativos.

3. Crie uma experiência diferente no celular

Mobile é ação, interação e instantaneidade. Um celular moderno possui GPS, câmeras, leitor de código de barras, bluetooth. Esses são alguns recursos que podem ser utilizados para criar uma experiência única e divertida, e que só pode ser feita através de um celular. Os consumidores adoram!

4. Aprenda como os seus clientes interagem

O comportamento de uma pessoa varia de acordo com o meio que ele está interagindo. Mesmo a forma de uso de coisas parecidas como usar internet no PC e usar internet no celular podem ser diferentes. Como uma mídia nova, ainda há muito o que se descobrir sobre o mobile. Tente descobrir o que eles fazem depois de acessar o seu site, quem são, quando acessam, se compartilham, que celular têm… Por exemplo, saber se a maioria dos seus visitantes são donos de BlackBerry ou de iPhone pode fazer a diferença.

5. Inclua mobile no seu plano de marketing

As pessoas precisam ver uma informação de 3 a 5 vezes para acreditar nela, da mesma forma o recall de uma campanha é maior quando vista em diferentes meios. Isso demonstra que a melhor estratégia é aquela em que os meios conversam entre si. Nem só de TV vive um plano de marketing, tampouco a mídia digital é a solução para os problemas. Chamamos de marketing mix porque é uma mistura de ações de naturezas diferentes. O mobile é apenas uma coisinha dentro dele, com vantagens e desvantagens. Como o vídeo do Google faz questão de dizer: seus consumidores são estão no seu celular, como profissional de marketing, você também deve estar.

autor: Sylvio Ribeiro
fonte: http://www.pequenoguru.com.br/

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *