Os 5 passos fundamentais na produção de content marketing

Entenda como trabalhar o marketing no ambiente ultra-segmentado da internet por meio do conteúdo

  1. Os 5 passos fundamentais na produção de content marketing




O marketing no ambiente da social media está apenas começando. Neste ano, os anunciantes vão encarar o content marketing como uma plataforma para engajar comunidades. Os consumidores passarão a ser vistos como fonte de busca, inovação e vendas. Para isso, o conteúdo terá que ser focado, interativo, compartilhável e, o mais importante, envolver a audiência no processo criativo. Para ficar por dentro dessas mudanças, aqui vão cinco dicas valiosas para um contente marketing bem-sucedido:

1. Incluir os consumidores: seu público deseja negócios que resolvam seus problemas e está disposto a participar do processo de criação.

É preciso ir além da mentalidade de marketing de massa. Tente:

– incluir consumidores em seus novos projetos;
– permitir que contem suas histórias através de co-created content (veja abaixo);
– criar incentivos sociais e financeiros para fidelizar clientes;
– assegurar que eles estejam usando o seu feedback.

2. Foco, foco, foco
Para ter sucesso, seu conteúdo tem que estar focado em uma audiência de nicho. Localize seu público e desenvolva um perfil detalhado dele, de modo a entender como negociam no espaço social.

3. Organize-se
Não seja repetitivo e não soe como se estivesse gritando com os consumidores. Converse. Quando planejar o calendário editorial, separe o conteúdo em três categorias, definindo como foi criado:

– Conteúdo original: material criado por você. Deve atender uma necessidade especial do consumidor – informação, instrução, humor, inovação, etc. Evidencie sua expertise.
– Co-created content: criação em conjunto. Mire em influenciadores do seu nicho que possam ajuda-lo. Um exemplo disso é um webinar que salienta as conquistas de seus principais consumidores.
– Conteúdo curado: criado por outros, mas útil de alguma forma para sua audiência. Isso inclui retweets ou e-mails com materiais de outras organizações.

4. Ligue-se ao emocional
Mais do que útil, o conteúdo precisa ser inesquecível. Pense qual tipo de emoção move seu público. Emoções como paixão ou raiva geralmente funcionam mais do que tristeza, relaxamento ou contentamento. O importante é mexer com as pessoas certas, tratando-as bem. É normal que algumas se afastem.

5. Respeite os números, mas não vire uma máquina
Cuidado com as milhares de ferramentas de dados que ajudam a construir seu cenário social. Claro que é crucial analisar e otimizar, mas toda a informação do mundo não vai adiantar se você não souber entender as pessoas. E uma das coisas mais importantes é entender que as pessoas mudam. Dados são importantes para mensurar mudanças, mas não substitui a parte de você se tornar parte de sua comunidade.

autor: Jeff Bullas
fonte: http://www.proxxima.com.br/

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *