Formato blog cada vez mais aceito profissionalmente

A diferença entre blogs de conteúdo e blog pessoais ainda ainda não é tão evidente no mercado de comunicação e até atrapalha blogs profissionais em relação à publicidade.

É comum a discussão a respeito do problema de credibilidade que o nome (e o formato) blog traz, por estar associado aos diários que adolescentes mantém sobre si mesmos.

Embora os blogs tenham sido criados, originalmente, para anotar e compartilhar com os amigos as páginas na internet que o autor viu em determinado dia, as ferramentas utilizadas para manter um blog tornaram-se tão fáceis e poderosas que acabaram sendo utilizadas por autores para publicar artigos sobre diversos tipos de assunto.

Neste momento da nossa história, em que os blogs estão se tornando ferramentas de publicação de conteúdo que chegam a gerar bons rendimentos financeiros aos blogueiros, e geram conteúdo realmente relevante, merecendo credibilidade, é preciso separar o blog de conteúdo do blog pessoal.

Blog de conteúdo

O blog de conteúdo é um site organizado de maneira cronológica – e geralmente também por seções – que trata de um assunto de nicho. São blogs de conteúdo os que tratam, por exemplo, de tecnologia, internet, literatura, esportes, enfim, qualquer assunto de interesse geral, que não seja o próprio autor.

Blogs de conteúdo são diferentes de sites tradicionais pois têm uma abertura maior para a participação dos leitores, através dos comentários, e mantém diálogos entre si. Através de links e trackbacks, os autores de blogs de conteúdo trocam idéias a respeito do assunto sobre o qual blogam.

Os blogs de conteúdo também têm uma linguagem diferente da utilizada em sites tradicionais. Os blogs são mais informais e geralmente dão mais ênfase à opinião do autor sobre o fato jornalístico do que ao fato em si. Por causa desta ênfase, embora seja bem diferente do “blog pessoal”, o blog de conteúdo tem um caráter muito mais pessoal do que o site tradicional.

Blog pessoal

O blog pessoal é diferente do blog de conteúdo. Mais utilizado por adolescentes, ele geralmente tem como tema a vida do próprio autor. O objetivo do autor do blog pessoal é publicar informações (como comentários sobre um show, fotos de uma festa, acontecimentos do dia-a-dia, etc.) à sua rede de relacionamentos, aos seus amigos.

Assim como o blog de conteúdo, através de comentários e trackbacks, os blog pessoais também geram uma comunidade, uma rede de blogs, conforme um aponta um link para o outro.

Mudança natural de conceito

Aos poucos nós vemos uma mudança neste quadro. Com o surgimento dos blogs corporativos e a mídia tradicional utilizando blogs para colunistas reconhecidos em seus sites, os blogs de conteúdo tornam-se cada vez menos associados aos diários adolescentes.

Por outro lado, com o surgimento de novas ferramentas de relacionamento como as comunidades online, Orkut, fotologs, Twitter, entre outros, os adolescentes cada vez mais encontram modos de se expressar e se relacionar na internet diferentes dos blogs.

Desta maneira, na minha opinião, num futuro não tão distante, os blogs serão vistos de maneira geral mais como fontes legítimas de informação confiável do que como diários adolescentes.

Conclusão

Embora para muitos blogueiros a diferença entre uma coisa e outra seja completamente óbvia, muita gente ainda confunde os dois conceitos. Com a confusão, excelentes artigos de blogs de conteúdo – que são tão bons ou melhores que os da “mídia especializada” – podem ser confundidos com diários adolescentes (que também podem ser bons, para seu próprio público), perdendo a credibilidade que estes blogs merecem.

autor: Gilberto Alves Jr.
fonte: [Webinsider]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *