Estudo mostra como fazer o consumidor amar seu e-mail marketing

  1. Estudo mostra como fazer o consumidor amar seu e-mail marketing




Apesar do potencial das redes sociais, o e-mail marketing ainda é a ferramenta mais efetiva para vendas, independente do tamanho do negócio. É o que afirma a Associação de Marketing Direto dos Estados Unidos. De acordo com a entidade, os e-mails marketing possuem um índice de conversão equivalente a 66%. Esse é o meio de comunicação entre empresas e consumidores e que mais resulta em compra de produtos e serviços.

No entanto, os empreendedores enfrentam uma dificuldade: convencer os consumidores a assinarem suas listas de e-mail. A razão? As pessoas estão saturadas de mensagens nas suas caixas postais.

Mas como convencer essas pessoas? Um estudo recente realizado pela Adestra descobriu quais são os melhores incentivos para inscrições em mailing.

Em parceria com a eConsultancy, a Adestra consultou 1100 marqueteiros e usou dados de campanhas de e-mail marketing para ver o que é mais eficiente para engajar o consumidor. O resultado foi que a melhor forma para chamar a atenção das pessoas é através de incentivos financeiros. Das pessoas consultadas, 85% afirmam que só aderem a esse tipo de e-mail na esperança de receber algum desconto ou promoção.

A pesquisa também revelou o tipo de promoção mais atraente para os consumidores: 35% dos participantes preferem descontos sobre os preços dos produtos e serviços. Logo em seguida, 20% são motivados pelas ofertas de frete gratuito.

Além dos incentivos financeiros, o estudo também apontou outros tipos de motivação para consumidores. Dentre os consultados, 41% afirmaram que realmente assinam e-mails marketing para se manter informado sobre novos produtos e serviços de uma empresa. Apesar de ter uma força bem menor se comparado aos incentivos financeiros, esse tipo de engajamento também é significativo, já que representa dois em cada cinco consumidores norte-americanos.

Segundo artigo na revista Inc., um terço dos participantes da pesquisa (38%) podem aderir a um mailing simplesmente por gostarem da marca em questão. Todos esses dados coletados comprovam que há diversas maneiras de convencer os consumidores a assinar uma lista de e-mails marketing e incentivá-las a abri-los.

fonte: Revista PEGN

Para Completar

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *