As sacadas por trás dos nomes de 11 marcas de tecnologia





Conheça as histórias e ideias de onde saíram nomes como Samsung, Android, Nintendo, Apple e Sony

Android

O sistema operacional massivamente usado pelo mundo hoje começou como uma pequena startup de Palo Alto, em 2003. À época, seu fundador, Andy Rubin, batizou a empresa motivado por sua grande paixão por robôs, seu principal hobby. Ele escolheu o tipo andróide, que tem aparência semelhante à humana, pensando em criar um logotipo simpático para a empresa. Quando o Google comprou a startup em 2005, manteve o nome da marca.

Google

A explicação já é famosa: a palavra “Google” veio de um termo matemático utilizado para representar o número 1 seguido de 100 zeros, o googol. A ideia era buscar algo que representasse uma quantidade imensurável de informação, e, dizem boatos, um erro de digitação gerou a diferença entre as duas palavras. A empresa nascida em 1998 na Universidade de Stanford nos Estados Unidos tinham o apelido de “BackRub” nos corredores

Samsung

A expressão ‘samsung’ significa “três estrelas” em coreano, e foi registrada como nome da empresa em 1938. Segundo o fundador Byung Lee, o número três representa algo “grande, numeroso e poderoso”, enquanto a estrela evoca o conceito de eternidade. Um dos primeiros logotipos da empresa mostravam três estrelas brancas em fundo preto.

Twitter

Tudo começou com um brainstorm entre os funcionários da Odeo, a startup de São Francisco de onde surgiu a rede social em 2006. A dianteira pára o batismo até então era “Status”, mas nem todos gostaram do nome. A opção seguinte foi a palavra “Twitch”, que significa tremor em inglês, e parecia se encaixar bem na tarefa de lembrar a vibração de um celular ao receber uma atualização. Foi do dicionario folheado no meio da reunião que surgiu “Twitter”, ou “pio de ave”, que se tornaria símbolo da empresa.

Apple

A Apple acumulou algumas histórias não-oficiais ao redor do seu nome. Entre os rumores há a teoria de que Steve Jobs queria se distanciar da imagem fria, inacessível e complicada de outras empresas de tecnologia da época da fundação, em 1976. Outra vertente diz que Jobs fez uma homenagem aos Beatles, donos do selo Apple Records.

Nokia

Fundada em 1965 por Frederik Idestam, a empresa recebeu esse nome para homenagear a pequena cidade finlandesa de Nokia. O município foi o endereço da sede da empresa em 1871. Hoje uma das líderes mundiais em vendas de celulares, a companhia fica sediada em Keilaniemi, distrito de Espoo, vizinho a Helsinki, capital da Finlândia.

Toshiba

A marca é uma junção dos nomes dos fundadores Tokyo Denki e Shibaura Seisakusho. Os japoneses criaram a empresa em 1939 e batizaram-na de Tokyo Shibaura Denki. Foi apenas em 1978 que ela mudou seu nome para Toshiba Corporation. A empresa fabricaria nos anos seguintes os primeiros radares, televisores e microondas do Japão.

Nintendo

As três palavras “Nin” “ten” e “do” podem ser livremente traduzidas do japonês para “Deixe a sorte para o céu”. A Nintendo foi criada por Fusajiro Yamauchi em 1889 e fabricava baralhos de cartas artesanais, parte deles com personagens de desenhos. Foi só após sua entrada no mercado de ações, em 1963, que a companhia passou a investir em jogos eletrônicos.

Yahoo

Ao contrário do que se imagina, o nome da empresa não veio da exclamação “Yahoo”, que em inglês pode significar comemoração ou alegria. Os fundadores Jerry Yang e David Filo escolheram a palavra por causa de uma influência literária: no livro de Jonathan Swift “As viagens de Gulliver”, os “Yahoos” aparecem como espécies de criaturas selvagens.

BlackBerry

Ao contrário da versão popular, os botões pretos que lembram sementes de framboesa não foram fonte de inspiração para o nome. Segundo o departamento de marketing da empresa, o veredito veio após pesquisas em busca de um nome que fosse divertido, fácil de lembrar e de ampla aceitação internacional. O logo que lembra a fruta veio mais tarde.

Sony

Assim como os nomes de muitas gigantes da tecnologia, a Sony também encontrou a sua alcunha ideal na junção de duas palavras diferentes. A primeira é “Sonus”, palavra latina cujo significado é som. A outra é “Sonny”, maneira informal de se referir a algo no diminutivo.

autora: Mirela Portugal
fonte: Exame – Marketing

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *