5 formas de acelerar os resultados da sua empresa

  1. 5 formas de acelerar os resultados da sua empresa




Começar uma nova empresa é desafiador, e uma coisa é quase certa: os resultados irão demorar para aparecer. Os primeiros meses são consumidos por tarefas contábeis para abertura legal da empresa, aluguel de um escritório, contratação dos primeiros funcionários e adequação final do produto / serviço ao mercado.

Em um piscar de olhos, os primeiros 6 meses passaram e pouco resultado foi gerado. Isso pode ser um balde de água fria para qualquer empreendedor, principalmente se o capital operacional da empresa estiver curto (essa já é uma boa dica: antes de abrir uma empresa, tenha capital suficiente para sustentar a operação por pelo menos 18 meses, até que resultados concretos comecem a aparecer).

Porém existem formas de acelerar os resultados da sua empresa, para que as primeiras entradas de caixa aconteçam antes que toda a estrutura esteja 100% organizada.

Conheça 5 formas de gerar as primeiras vendas nos meses iniciais de operação:

1. Lance um site e uma campanha de marketing

Independente se você já tem um produto pronto ou não, nada impede que seu negócio tenha um website e comece a agregar informações e entusiastas desse mercado. Motive os visitantes do site a cadastrarem seu e-mail para receber mais informações quando o produto estiver finalizado. Dessa forma você já tem uma base de leads (potenciais clientes) para os quais lançar o produto e realizar as primeiras vendas.

Se o produto já está pronto porém a estrutura da empresa não, crie também uma campanha de marketing no Google Adwords para acelerar o número de visitantes ao site, e consequentemente aumentar o número de potenciais clientes.

Não deixe de se comunicar frequentemente com quem cadastrar seu e-mail no site. Essas pessoas estão interessadas no que você tem para falar, e estreitar os laços com elas é fundamental para aumentar as chances de uma venda ocorrer no futuro.

2. Comece a se relacionar com influenciadores do seu mercado

Em todo mercado existem influenciadores, pessoas que possuem uma grande rede de contatos e que são tidas como expert naquele campo. Esse poder de influência faz com que esses especialistas possam disseminar um novo produto com grande velocidade.

Mapeie seu mercado, encontre essas pessoas e comece um relacionamento com elas. Apresente sua empresa, mande amostras e protótipos feitos especialmente para elas e mostre porque seu produto é diferente das soluções que se encontram hoje nas prateleiras.

O mais importante: garanta que eles terão uma experiência muito positiva quando utilizarem seu produto, tão positiva que eles sintam-se impelidos a espalhar a notícia que um novo produto está entrando no mercado. Isso com certeza irá acelerar suas vendas.

Se você quiser saber mais sobre influenciadores, leia esse post com ótimas dicas de marketing viral.

3. Vendas para conhecidos também são vendas

As pessoas próximas de você não vão se importar se o produto não está 100% pronto e ainda existem melhorias a fazer. Elas querem o seu sucesso tanto quanto você e vão te ajudar como for possível. Acredite nisso, esqueça o orgulho, e peça a ajuda deles para realizar as primeiras vendas.

Se o produto interessar a seus conhecidos, existe uma alta probabilidade de que comprem algo de você. Além disso eles irão espalhar com prazer a notícia que uma pessoa próxima está começando um novo negócio e que todos devem conferir!

Lembre-se do conceito básico de marketing: um novo produto ou serviço precisa ganhar primeiro a confiança do mercado para começar a conquistar uma fatia dele. E tudo começa com um aval, mesmo sendo de um conhecido seu.

4. Construa uma rede de representantes (off-line e/ou on-line)

A regra aqui é simples: quanto mais vendedores você tiver, maiores serão suas vendas. Se no momento que sua empresa entrar no mercado você já possuir uma rede de representantes que apresentam seus produtos a quem interessar, suas vendas tendem a decolar rapidamente.

Trabalhe no formato de part-time job, onde esses representantes abordam potenciais clientes no tempo livre e são comissionados por venda realizada. Isso permite que você mantenha o custo do departamento de vendas baixo até que o fluxo de caixa seja estabilizado.

Se seu produto / serviço é basicamente on-line, você pode fazer o mesmo tipo de parceria com outros websites que vendem produtos complementares ao seu. Assim, caso eles estejam interessados em apresentar aos potenciais clientes deles sua solução, você também os recompensa com uma comissão.

5. Trabalhe focado em métricas-chave e desafie-se constantemente

Esse é um conceito trazido do livro Lean Analytics, de Alistair Croll e Benjamin Yoskovitz. Você precisa focar energia na métrica que mais importa para seu tipo de negócio e estágio atuais.

Por exemplo: de nada adianta viralizar seu produto se a qualidade do mesmo ainda precisa melhorar. Se a primeira experiência do consumidor for ruim você gastará ainda mais dinheiro com marketing para convence-lo a comprar de você outra vez, e fatalmente isso não irá acontecer. Portanto, em estágios iniciais, foque em reduzir a taxa de rejeição do seu produto ou serviço antes de apresenta-lo a muita gente.

Outro ponto importantíssimo: desafie-se! Trace “linhas na areia”, ou seja, metas reais e alcançáveis. No começo você perceberá que suas variáveis são mais qualitativas do que quantitativas, e isso é natural! Não há problema se sua taxa de rejeição for medida numa pesquisa de satisfação como o % de consumidores que considera seu produto regular ou ruim. Quando o volume de vendas aumentar, você poderá calcular essa variável considerando o número de devoluções ou reclamações. Mas não deixe de se desafiar, nunca!

autor: Diego Wagner
fonte: Saia do Lugar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *