5 dicas das marcas que mais engajam fãs nas redes sociais





Veja o que Brahma Futebol, Guaraná Antarctica, Halls, Chiclets e Kuat têm a dizer sobre como gerenciam seus perfis na rede

Brahma Futebol, Guaraná Antarctica, Halls, Chiclets e Kuat, nesta ordem, foram os perfis de marcas que mais fizeram barulho com fãs nas redes sociais no mês de maio, de acordo com o ranking do indexSocial.

Para medir o nível de engajamento de cada marca, foram levados em conta interações como comentários, curtidas, votos, menções e retuítes no Facebook, no Twitter e no YouTube.

Além de aumentar a base de fãs em ambientes interativos, essas marcas estão conseguindo construir discussões, compartilhamentos, identificação e diversão em suas páginas.

A seguir, você vai ver: para gerar engajamento, até postar conteúdos durante a madrugada está fazendo a diferença.

Veja as dicas das cinco campeãs sociais:

1 Publique conteúdos relevantes

“Administramos as nossas páginas com diversos tipos de conteúdo, desde narrações de jogos, com posts de um em um minuto, até informativos sobre o clube, a hora do jogo, contratações, escalações, promoções com camisas ou bola autografada e ingressos”, disse Rafael Neves, Gerente de Esportes da Brahma

“Vídeos exclusivos para as redes também têm um potencial gigante”.

De acordo com Rafael, os 18 perfis de Brahma Futebol – um de Brahma Seleção e 17 dos clubes – são administrados pela Esporte Interativo e envolvem cerca de 25 pessoas.

“Um dos principais motivos do sucesso é que cada torcedor tem o seu ambiente, com conteúdos individuais para cada clube. Criamos um ponto de encontro dos torcedores e falamos na língua deles”.

2 Esteja atento às métricas

De acordo com Bruna Buás, gerente de marketing digital de Guaraná Antarctica, um dos segredos é monitorar as atividades das páginas. “Temos métricas muito bem definidas e formas de mensurar o que efetivamente é importante para o nosso consumidor”, explica.

A marca possui três pessoas na AmBev voltadas para a administração das redes sociais, além das agências DM9DDB, que faz a comunicação da marca, e Espalhe, responsável pelo conteúdo digital.

“Geralmente, qualquer tipo de conteúdo que incentive a interação e a participação dos fãs, que tenha um “call to action”, gera resultado”, conta Bruna.

Embora a marca atualize os perfis em qualquer horário do dia, inclusive durante a madrugada, foi possível ver por meio de métricas que a movimentação aumentava nos intervalos para refeições.

“Na hora das refeições, por exemplo, sempre postamos fotos de comidas que combinem com Guaraná Antarctica. Depois de um certo tempo, começamos a incentivar os consumidore a mandar suas próprias fotos. Essa possibilidade de fazer parte do nosso conteúdo aumentou o engajamaneto.”

3 Saiba exatamente quem é o seu público

“O target de Halls é muito online: sai de manhã para trabalhar, emenda com a balada… Está todo o tempo na rua, assiste cada vez menos televisão e está conectado via smartphone”, diz Eduardo Trevizani, gerente de balas da Kraft Foods.

“Às vezes postamos conteúdos às 2 horas da manhã, porque sabemos que nesse horário temos um alto índice de engajamento com o consumidor de Halls. Não necessariamente com todos os usuários de Facebook, mas com os consumidores de Halls no Facebook, que é o universo que nos interessa.”

A marca tem a estratégia e o conteúdo das redes sociais administrados pela Espalhe.

4 Fale a mesma língua

Desde que estreou a ação com os “emotigums”, Chiclets obteve um crescimento 11 vezes maior em sua página do Facebook, em comparação com a taxa anterior ao lançamento dos personagens.

“A marca conseguiu se expressar muito bem por meio dos emotigums, já que eles são divididos em famílias de diferentes perfis”, diz Vinicius Germano, gerente de marketing de gomas da Kraft Foods.

“Isso é importante para a atualização da marca. Chiclets tem aproximadamente 60 anos, e hoje fala de igual para igual com seu público, uma geração hiperconectada”.

A marca tem um time dedicado à atualização de suas páginas na agência Espalhe, e garante que enquetes sempre têm resultados muito positivos.

“Elas têm um caráter de gamification, geram um engajamento muito forte, mas é importante você colocar posts sobre assuntos do universo dos seus consumidores”, afirma Germano.

5 Use as ferramentas disponíveis

“Estamos muito bem amparados por ferramentas”, comenta Adriana Knackfuss, gerente sênior de conexão com consumidores da Coca-Cola, empresa dona da marca Kuat.

“Temos ferramentas para agendamentos, com fluxo de aprovação, de postagens remotas, e um SAC muito bem estruturado”, completa.

“Além disso, existem indicadores básicos que o próprio Facebook traz, que mostram o percentual de pessoas que estão na fan page naquele momento interagindo com a marca. Tudo é acompanhado diariamente. Saímos de 16 mil fãs para quase 1,3 milhão, que é o que temos hoje. Testamos de tudo.

A marca tem um gerente responsável por mídias socias, além de uma agência de conteúdo para administrar a conversa com a marca. No SAC, também há uma estrutura dedicada a mídias sociais.

autora: Cris Simon
fonte: Exame Marketing

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *