Fazendo compensação de anúncios em revistas com lombada quadrada

  1. Magazine




Sempre recebemos e-mails e contatos de várias pessoas, agências e designers, nos questionando sobre o quanto devem ser compensadas as páginas em materiais com lombada quadrada.

Creio que uma das coisas mais frustrantes para um designer é trabalhar em cima de um projeto durante horas, dias e até semanas, desenvolvê-lo com todo o carinho e quando ele chega da gráfica verificar que faltou algo, não ficou perfeito – um anúncio saiu incompleto por causa de um mero detalhe: faltou compensar a área de colagem da lombada.Nesse post vamos explicar de forma rápida e indolor o procedimento a ser feito para que seus impressos não apresentem surpresas desagradáveis quando chegarem às suas mãos.
Vamos enfocar aqui a compensação que devemos fazer quando ocorrer a passagem de imagens e textos da 2ª capa para a primeira página do miolo.No exemplo abaixo, vemos o anúncio tal qual idealizado por seu criador. Podemos ver que na borda interna da página, onde elas se encontram, há o encaixe perfeito das duas partes da imagem, bem como do texto.

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Porém, o que no programa do computador parece ficar perfeito, na prática não tem os mesmos resultados e consequentemente o cliente acaba recebendo a revista ou catálogo, com parte do anúncio engolido pela área de colagem da lombada:

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

“Qualquer semelhança NÃO É mera coincidência” – Você já deve ter pego algum impresso com esse tipo de problema.Veja que foram perdidos detalhes importantes da imagem e o texto ficou ilegível na área de encontro das páginas.

Antes de partirmos para a compensação das páginas, vale lembrar que deve-se evitar tanto quanto possível, os textos “passando” de uma página para a outra, pois por mais perfeita que fique a compensação, sempre estaremos correndo o risco de o texto ficar truncado ou afastado além do normal. Mas para quem deseja se aventurar nessa tarefa vai a dica:

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Vamos então as passos para a compensação das páginas.

Passo 1: Você vai determinar a área de reserva de cola e vinco, que será utilizada para receber a cola e fazer a fixação da capa. Em geral esse espaço é de 6mm partindo da borda interna da página. Os objetos que estiverem dentro desse intervalo ficarão escondidos pela lombada do material.

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Passo 2: Delimitada a reserva de cola e vinco, o designer deverá dividir o anúncio em duas partes e, partindo do ponto de encontro das duas páginas, afastar as imagens e textos até chegarem na margem previamente estabelecida (6mm).

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Passo 3: Lembre-se que você dividiu o anúncio exatamente no meio, afastou as partes para fora e deixou uma área branca destinada a colagem. Tudo certo até aqui. Porém sabe-se que o processo de colagem da capa no miolo é mecânico/eletrônico, podendo sofrer pequenas variações (ainda que milimétricas). Então, para evitar que nesse processo apareçam pequenos filetes brancos resultantes de uma eventual variação, vamos puxar uma área de imagem comum a ambas as páginas. Como geralmente a divisão dos anúncios é feita por meio de powerclips, clipping mask e ferramentas semelhantes, fica fácil dar essa puxada na imagem fazendo com que apareça uma sangra de 2mm, comum às duas páginas. Veja:

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Fazendo isso, caso ocorra uma pequena variação a imagem e os textos não ficarão comprometidos pelo aparecimento de algum filete branco, pois existe uma sangria de 2mm dentro da área de reserva de cola, assegurando que a imagem ficará completa, após a colagem da capa no miolo.

Veja que ao olhar para o anúncio na tela do computador ele fica esquisito, e parece difícil aceitar a idéia de que o produto final vai ficar correto, mas dentro do segmento gráfico isso é perfeitamente normal e o trabalho sairá excelente, atendendo às suas expectativas. O resultado no produto acabado em que foi feita a compensação pode ser visto abaixo. Ele mostra a idéia original do anúncio, sem cortes, textos ou imagens perdidas e nenhum filete branco.

Fazendo compensação em anúncios em revistas com lombada quadrada

Antes de encerrar esse artigo quero ressaltar a importância de um bom trabalho de diagramação. Lembre-se que: se não houver textos ou imagens que passem de uma página para a outra, não será necessária também a preocupação com a compensação das mesmas. Você pode fazer um excelente trabalho de criação, evitando as passagens de objetos entre uma página e outra. Se isso não for possível com as imagens, procure evitar pelo menos com os textos. Fica a dica… e bom trabalho!

fonte: http://www.impressul.com.br/

Qualquer dúvida que você tenha sobre as dobras, facas, recortes, itens referentes a área a produção gráfica – mesmo você sendo um designer, publicitário, enfim, o responsável pelo projeto gráfico de qualquer material impresso, deixe a vergonha de lado e entre em contato com a gráfica que será responsável pela impressão do seu trabalho. A maioria dos problemas entre os responsáveis de um projeto gráfico que será impresso e a gráfica é a pura falta de comunicação. #ficadica

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *