5 dicas para comprar imagens para seu material gráfico

Já que uma imagem vale mais do que mil palavras, a qualidade dela pode significar o sucesso ou o fracasso do seu material gráfico.

Nem todo mundo dispõe de uma equipe de fotografia para produzir todas as fotos necessárias para esse tipo de comunicação. Usar qualquer imagem encontrada na internet pode render problemas com direitos autorais, além da baixa qualidade, e os bancos gratuitos na internet muitas vezes deixam a desejar.

Comprar imagens profissionais de bancos especializados é a alternativa mais prática para empresas e agências de publicidade utilizarem em suas campanhas.

Selecionamos algumas dicas para te ajudar a ficar atento antes de adquirir imagens para o seu material gráfico. Continue a leitura e confira.

1. Feche os pacotes conforme a quantidade necessária

Os pacotes de imagens são bem variados em sua quantidade. Geralmente você assina um pacote mensal ou anual e pode baixar inúmeras fotos diariamente ou, ainda, pode comprar um pacote com quantidade fechada de imagens para baixar de uma única vez.

Se a campanha não vai necessitar de muitas fotos, ou se o cliente é pequeno, compre menos imagens para fazer bom uso do investimento.

No caso de empresas grandes é interessante que o seu cliente feche um pacote mais extenso, mas para isso é sempre importante planejar a compra, como vamos explicar a seguir, para não ficar cheio de imagens sem utilidade.

2. Planeje a compra

Quem adquire pacotes grandes pode se deparar com uma infinidade de opções de download, muito além do que seria necessário para o momento. Antes de sair comprando imagens como se não houvesse amanhã, crie um briefing para entender a necessidade do cliente e feche os pacotes segundo o perfil selecionado e que estejam de acordo com o contexto do conteúdo.

3. Faça uma pré-seleção das imagens antes da compra

Depois de planejar o tipo de imagem que você precisa, faça uma pré-seleção nos bancos de imagens antes de fechar o pacote. Essa é necessária porque muitas vezes o banco parece interessante, mas depois você percebe que não atinge a sua necessidade e não poderá mais voltar atrás.

4. Fique ligado no tipo de plano

Às vezes, o valor de um pacote fechado de trinta imagens, por exemplo, é superior ao pacote de um mês de download com um limite maior. Se for assim, prefira o formato gratuito e aproveite para adquirir outras imagens para uso futuro.

Outra dica é prestar atenção no uso que você vai dar para a imagem. Alguns planos são mais baratos e indicados para imagens pequenas, como para publicação em blogs e redes sociais, outros são mais caros e indicados para usar em outdoor, por exemplo.

5. Certifique-se da qualidade do material

Existem muitas plataformas de imagens na internet e numa dessas você pode acabar se iludindo com valores baixos ou propaganda enganosa. Peça dicas a conhecidos e pesquise referências. Corbis, Dreamstime, Fotolia, Getty imagens, iStockphotos e Shutterstock são alguns dos bancos mais conhecidos e confiáveis.

Comprar imagens é o primeiro passo para o sucesso da sua campanha. Em seguida, é importante você saber como obter uma boa qualidade na impressão das fotos.

fonte: Blog da Printi

Para Completar

Banco de Imagens
Uma “pequena” lista de banco de imagens do gratuitos para uso comercial até os pagos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *