Mandar dinheiro pela Internet é seguro

A globalização está cada vez mais visível no mundo atual e o intercâmbio financeiro entre os países vem acompanhando esta evolução.

Chega uma hora que o freelancer começa a atender clientes de fora do Brasil, e  como proceder, eu mesma cheguei abater a cabeça em como encontrar algo fácil, rápido e seguro.

Em meio a tantas empresas virtuais que oferecem o serviço de transferência, surgiu uma com grande diferencial e que vem ganhando seu espaço devido ao excelente trabalho que tem oferecido aos seus usuários.

Trata-se da companhia de transferência de dinheiro Xoom, que proporciona aos seus clientes utilizar a Internet para fazer suas transações e “acompanhar todo o processo até a chegada do valor enviado”.

Um sistema muito simples e seguro, conforme afirmam seus diretores. Assim que o cliente realiza um ligeiro cadastramento, abre uma conta onde poderá receber e enviar dinheiro através da internet, a qualquer hora do dia, a partir de uma conta bancária, cartão de crédito ou uma conta PayPal.

Outro ponto de destaque nesta operação é o valor cobrado pela tarifa de envio. Para remessas de até mil dólares a taxa cobrada é de apenas U$5.00.

Este sistema vem ganhando cada vez mais clientes, pela comodidade e segurança que oferece aos seus clientes, além da agilidade no envio do dinheiro. Como muitas pessoas trabalham exaustivamente e possuem pouco tempo para ir em alguma loja especializada em remessas, muitos estão optando pela Xoom, justamente pela rapidez e por não haver necessidade de sair de casa para enviar o dinheiro aos seus familiares. Enquanto conversa com eles através do telefone, pode fazer ao mesmo tempo o envio pela internet.

No Brasil, as transações feitas pelo site da Xoom se dão através do Banco de Rendimento, instituição que negocia dinheiro de doze países, e tem até um sistema de entrega em domicílio de shekels, libras ou euros.

Em dois anos, o Banco de Rendimento se tornou o terceiro maior negociador de dólar turismo do país, atrás apenas do Bradesco e do Banco do Brasil. Em alguns países, como nas Philipinas por exemplo, a empresa oferece também o serviço de “pick up cash”, ou seja, o dinheiro pode ser sacado em um dos postos parceiros da Xoom ou ainda entregue na porta da casa do destinatário, dispensando a necessidade de uma conta bancária para receber a remessa.

A Xoom iniciou suas atividades no final de 2002 e atualmente atua em 20 países, incluindo o Brasil. James Joaquim, presidente e diretor executivo da Xoom, explica que nos primeiros seis meses deste ano a empresa registrou um crescimento no volume movimentado, em dólar, de mais de 42% ao mês, sendo que a procura do serviço por brasileiros aumentou cerca de 45%.

Ele explica, ainda, que os trabalhos visam, principalmente, conveniências e valores. “Nós tentamos fazer com que seja muito rápido e fácil para nossos clientes enviar dinheiro para casa. Além disso, procuramos manter nossas taxas sempre muito baixas, porque acreditamos que isso significa uma grande economia para as pessoas que usam este tipo de serviço com freqüência, como no caso dos imigrantes”, explica James.

Então ta ai a dica dada pra quem tem clientes fora do Brasil e estabatendo a cabeça em encontrar um meio rápido e seguro para terseu dinheiro depositado rápidinho em sua conta.

Posted in:

2 Comentários

  1. Conheci tb o Western Union através de um cliente gringo meu, porém como até hj nao deu problema o xoom (ainda bem) continuo usando este metodo, mas sempre é bom ter outro na manga caso este de problema, obrigada pela dica 😉

  2. melhor pagar ujm pouco mais mandar wester union de que ter problemas futuros com a xoom.
    se sua tranferencia pela xoom for cancelada pra vc receber o dinheiro,e se receber
    mandei dinheiro pela xoom 700dolaris ate hoje tou pra saber a procedenciaa.
    foi cancelado a transacäo a xoom nem me dar satisfacäo.
    wester union paga pouco mais ,recebe depois de 2 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *