Como combater o sedentarismo no seu trabalho de freelancer





Ficar na frente do computador o dia inteiro, faz parte da vida de qualquer freelancer. É muito fácil cair na tentação de ficarmos sentados horas consecutivas, sem que o nosso corpo seja obrigado a qualquer movimentação. Isso faz com que o sedentarismo comece a fazer parte da vida de um freelancer, sem que ele mesmo dê conta disso. Quando comecei a trabalhar em casa, tive bastante dificuldade durante os primeiros dias, até que conseguisse ser tão produtivo quanto era no meu antigo emprego. Foi uma batalha difícil (mais difícil do que pensava), mas aos poucos fui detentando alguns erros que estava cometendo. Um deles foi o sedentarismo. Tornou-se muito fácil esquecer que existia um mundo “lá fora” e o exercício era algo realmente importante na minha vida.

Quando escrevi o artigo sobre as 10 coisas que deve eliminar da sua vida para ser mais produtivo, referi rotinas que poderia eliminar para conseguir concluir o seu trabalho mais rapidamente. Mas a verdade é que também existem outros fatores que você pode acrescentar para garantir que as suas tarefas sejam realizadas. E fazer exercício é com certeza, um deles. Além de cuidar da sua saúde, permite que tenha maior disciplina pessoal e aumenta a sua criatividade. Se está a pensar em começar a fazer esporte regularmente para combater o sedentarismo, aconselho que dê uma leitura em alguns artigos da Escola Psicologia para que se sinta melhor preparado para esse desafio:

COMO POSSO COMEÇAR?

Existem claramente dois problemas para quem quer combater o sedentarismo: começar e manter. Se por um lado, muitas pessoas gostam de adiar esta mudança dizendo “vou começar amanhã”, outras até conseguem começar, mas têm dificuldade em ser constantes, acabando por desistir de fazer exercício ao fim de algumas semanas. Ao assumir este compromisso consigo, é importante que tenha na sua mente que esta é uma meta como outra qualquer, tal como conseguir mais fãs no Facebook ou escrever um texto criativo. Clientes ou blogues você pode ter muitos, mas corpo tem apenas um.

Para combater o sedentarismo, o primeiro passo é comprometer-se consigo mesmo. Lembra-se de ter-lhe dito para definir objetivos para 2012? Considere “combater o sedentarismo” como um deles. De seguida, vou lhe dar algumas dicas do que pode fazer para aumentar as suas probabilidades de ter sucesso nesta sua meta:

null

COLOQUE UMA IMAGEM NO FUNDO DO AMBIENTE DE TRABALHO

O local para onde olha mais vezes durante o seu dia, é com certeza o fundo do ambiente de trabalho. Em vez de ter uma imagem sem qualquer significado, experimente inserir a imagem de um esportista ou da sua lista de objetivos. Esta é uma excelente forma do seu cérebro se lembrar constantemente daquilo que quer. Se quiser ideias, dê uma vista de olhos ao nosso artigo sobre os 16 wallpapers para manter a sua motivação no trabalho.

Para que entenda melhor, vou lhe dar um exemplo mais prático. Este ano coloquei como meta trocar de carro no final de 2012. Por isso, inseri uma imagem no fundo do ambiente de trabalho. Desta forma, cada vez que fico um pouco mais preguiçoso e começo a vaguear na internet, vejo aquela imagem e volto a motivar-me para chegar ao meu objetivo.

FAÇA UM PLANO DE TREINO

Tal como no trabalho de freelancer, durante a pratica de exercício físico é importante saber onde quer chegar. Quer correr durante uma hora? Ou pretende pedalar durante 10 Km’s consecutivos? Esta é também outra das formas de manter-se mais motivado. Ao saber onde quer chegar, ganhará algumas forças extra sair da cama e ir fazer algo para combater o seu sedentarismo. Se achar necessário, fale com algum profissional da área para que lhe consiga dar uma melhor orientação.

TENTE ENCONTRAR ALGUM PARCEIRO

Uma das maiores dificuldades quando começamos a combater o sedentarismo é que mais uma vez estamos a fazer uma tarefa..sozinhos. A vida de freela já é isolada o suficiente. Por isso quando for fazer exercício, considere fazer esta tarefa juntamente com um amigo. O tempo passa bem mais rápido e quando a preguiça chegar, um poderá ajudar o outro.

INSCREVA-SE NUMA ACADEMIA

Para quem corre na rua, torna-se mais fácil desistir porque não terá uma grande perda com isso, apenas o tempo que investiu até agora. Se estiver pagando uma mensalidade, a obrigação de fazer render o dinheiro que está gastando torna-se maior. Na sua cabeça, existe uma motivação obrigatória para fazer exercício. Contudo, aconselho que tome esta atitude apenas em último caso, pois algumas pessoas não vão à academia mesmo que estejam pagando por isso..

ESCOLHA UMA HORA DO DIA PARA FAZER EXERCÍCIO

A tendência normal é acharmos que o exercício físico é algo que devemos fazer só quando o principal (o trabalho), terminar. Este pensamento habitualmente deixa a corrida ou o jogo de ténis como última atividade do dia. O que acaba acontecendo quando o trabalho aperta? Ficamos sem actividade física. Para evitar estas situações, experimente colocar esta sua meta para as primeiras horas do dia. Sei que durante o Inverno não é fácil sair da cama para dar aquela corrida de meia-hora, mas faça um esforço. Diga para si mesmo: “Basta calçar os ténis e ir para a rua”. Depois de estar fora de casa, torna-se quase impossível regressar à cama.

FAÇA INTERVALOS CONSTANTES

De quanto em quanto tempo você faz um intervalo para esticar as pernas? Saber responder a esta questão é essencial. Defina qual e o seu período máximo de trabalho consecutivo e depois disso, faça uma pequena pausa. Vá esticar as pernas, visite o Facebook ou beba um café. Aconselho isto porque o nosso cérebro tem uma capacidade de concentração limitada. Algumas pessoas aguentam apenas vinte minutos, outras chegam a uma hora. Mas depois disso, a sua capacidade de trabalho já não estará no máximo. Tente descobrir qual é o seu período máximo de concentração e depois disso descanse. A Técnica de Pomodoro pode dar-lhe uma excelente ajuda nesse aspeto.

COMECE E TERMINE BEM O DIA

Retire da sua cabeça aquela ideia pré-definida que você deve fazer exercício apenas durante um momento do dia. E que tal começar com uma corrida e terminar com uma aula de yoga? Esta é uma excelente de forma de facilitar a vida àquelas pessoas que gostam de trabalhar mais horas pela manhã e por isso não têm muito tempo para investir em exercício duranteesse período.

FAÇA ALGO DIVERTIDO

Não gosta muito de correr? Então essa não deve ser uma opção para as suas atividades. Por mais que este género de exercício seja benéfico, se o fizer contrariado acabará por desistir mais tarde ou mais cedo. Tente imaginar um esporte que sempre quis fazer desde novo. Natação? Ténis? Futebol? Nunca é tarde demais para aprender.

E VOCÊ, O QUE FAZ PARA COMBATER O SEDENTARISMO?

Trabalhar como freela também faz bem para a saúde. O fato de você ter que se habituar a vários clientes ou a um número infinito de trabalhos, obriga-o a utilizar o máximo das suas capacidades mentais. Mas a nível físico, deixa um pouco a desejar. Mas cabe a si driblar esta dificuldades. Afinal, trabalhar como freelancer não é algo perfeito, mas cabe a si torná-lo o mais perfeito possível.

E você, costuma fazer atividade física? Como fez para enquadrar o exercício na sua rotina? Quantas vezes por semana faz esporte?

autor: Luciano Larrossa
fonte: http://www.escolafreelancer.com

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *