6 dicas para discutir e discordar de alguém sem perder o controle

  1. 6 dicas para discutir e discordar de alguém sem perder o controle




O mundo seria outro se todos concordassem em tudo. Mas a miríade de pensamentos, opiniões e valores faz com que as discordâncias sejam parte da rotina, especialmente no ambiente corporativo.

No entanto, há uma grande diferença entre discordar sem fundamentos e discordar respeitosamente. A primeira opção provavelmente deixará ressentimentos nas partes envolvidas na discussão, servindo apenas para criar um desconforto. Já a segunda pode levar ao surgimento de ideias e a uma conversa muito mais produtiva.

Confira seis dicas importantes, publicadas originalmente na “Inc.”, para discordar com alguém sem deixar que a defesa de um argumento cause brigas:

1. Concentre-se em fatos

Um argumento fortalecido é aquele que é baseado em fatos que formam uma opinião. Em uma discussão calorosa, isso pode ser mais difícil de levar em consideração. Desacordos existem, mas não se deve esquecer de priorizar os fatos em vez das emoções. A ênfase deve ser sempre no raciocínio.

2. Não leve as situações para o lado pessoal

Principalmente em um ambiente profissional, levar as coisas para o lado pessoal pode trazer grandes prejuízos. Atacar ideias e crenças dos parceiros de trabalho não ajuda a resolver os conflitos. Em vez disso, concentre-se em apresentar ideias, soluções e pontos de vista de forma objetiva e defenda-os sem atacar quem discorda com suas propostas.

3. Reconheça o que foi bom

Mesmo estando em desacordo com alguém, é importante reconhecer os pontos positivos e os acertos da opinião dessa pessoa. Antes de lançar argumentos que acabam por “ofuscar” as ideias apresentadas, reconheça o que pode ser aproveitado e tente usar tudo isso como ponto de partida para sua própria ideia.

4. Lembre-se de ouvir com atenção

Evite ficar apenas sentado esperando pela chance de responder. Tente ouvir ativamente o que os outros estão falando em uma discussão. Você pode se surpreender e acabar encontrando uma solução ainda melhor, em equipe.

5. Use frases que remetem ao seu “eu”

Qual das seguintes afirmações soa mais dura e crítica?
“Você sempre tem grandes ideias perto da data limite, o que torna as coisas mais difíceis para todos.” Ou “Eu vejo que você tem um ponto, mas estou preocupado por estarmos recebendo sugestões muito perto do prazo para grandes mudanças.”
A primeira pode fazer o funcionário recuar. Colocar-se no centro da frase em situações de conflito é uma maneira sutil de dizer que está discordando sem que isso soe como um ataque pessoal. É um pequeno esforço que pode impactar diretamente a forma como a mensagem é recebida.

6. Saiba quando seguir em frente

Uma das dicas mais importantes discordar respeitosamente com alguém é saber quando parar a discussão e apenas seguir em frente. Engolir o orgulho e ir embora não é sempre tão fácil, especialmente quando se está muito seguro sobre o ponto de vista defendido. Mas, às vezes, é a melhor coisa que você pode fazer, uma vez que desacordos são inevitáveis no dia a dia.

fonte: PEGN

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *