3 lições inspiradoras de Ashton Kutcher para a carreira

De ver cada oportunidade como base para a próxima até como criar a própria realidade: veja o que Ashton Kutcher compartilhou durante cerimônia de premiação

  1. Aston Kucther




Com 10 filmes no currículo e um extenso portfólio de investimentos em startups, o ator Ashton Kutcher afirmou, durante cerimônia de premiação do “Teen Choice Awards 2013”, no último dia 11, que um dos fatos essenciais para quem ele é hoje foi aprender, na adolescência, que as oportunidades têm uma relação direta com trabalho duro.

Mas não só isso. Durante o discurso de menos de 5 minutos, Kutcher deu uma aula sobre como lidar com cada oportunidade profissional, o que realmente valorizar na vida e, inspirado em Steve Jobs (a quem interpreta em filme que acaba de estrear nos Estados Unidos), a importância de ser autor da própria realidade em vez de se sujeitar ao status quo.

Confira o que ele compartilhou durante o prêmio:

1 • Oportunidades significam trabalho duro

Pelo menos seis anos antes de ganhar fama com o personagem Kelso, do seriado “That ’70s Show” em 1998, Ashton Kutcher estreou no mercado de trabalho carregando telhas junto com o pai. Depois, trabalhou em um pequeno mercado e em uma fábrica.

Em vez de considerá-las inferiores à carreira bem sucedida na televisão que despontou anos depois, Kutcher afirmou no discurso que nunca foi melhor que qualquer trabalho que teve. “Eu sempre fui sortudo por ter um trabalho”, disse.

Mais: “Todo trabalho que tive foi uma pedra de apoio para meu próximo emprego e nunca deixei um trabalho até ter outro”, relatou.

2 • Ser inteligente é o verdadeiro “ser sexy”

Segundo ele, a combinação mais sexy do mundo é ser inteligente, cortês e generoso. “É apenas porcaria [numa tradução eufemista] o que as pessoas vendem para fazer com que você se sinta inferior. Não compre isso. Seja inteligente, cortês e generoso”, afirmou.

3 • Construa sua própria vida

Citando Steve Jobs, Kutcher disse que quando crescemos temos a tendência a achar que é o mundo é como ele é, que a vida é viver dentro deste mundo, tentar não arrumar muitos problemas, estudar, conseguir um emprego, ganhar dinheiro e ter uma família.

Segundo ele, a vida pode ser mais do que isso. “Tudo ao nosso redor que chamamos de vida foi elaborado por pessoas que não são mais inteligentes que você”, disse. “Então, construa uma vida – não viva uma, construa uma”.

autora: Talita Abrantes
fonte: Exame – Carreira

Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *